Santos FC realiza palestra de psicologia com pais de atletas das categorias de base

Santos FC realiza palestra de psicologia com pais de atletas das categorias de base

O dia 27 de agosto é comemorado o dia da psicologia, e aproveitando o ensejo, na noite desta sexta-feira (27), a psicologa Juliane Fechio, da equipe de psicologia do Santos FC, realizou uma palestra com os pais dos atletas da equipe sub-11 do Peixe.

Além de formar grandes atletas, o Clube tem a preocupação de formar cidadãos exemplares e mentalmente saudáveis, e esse trabalho também passa pelo comportamento dos pais durante os jogos e as atividades esportivas, como explicou a Dra. Juliane: “Nosso intuito é orientá-los qual o melhor comportamento que eles podem apresentar durante as partidas e quando estiverem envolvidos com o futebol, no sentido de favorecer um desenvolvimento saudável, para formarmos atletas com grande resistência mental.”

Após o fim da palestra, alguns pais e mães foram conversar com a Dra. Juliane, e se mostraram satisfeitos com a apresentação: “Foi muito legal alguns pais virem conversar comigo e pedindo mais informações. Quando orientamos, nós conseguimos mudar alguns comportamentos, e isso ajuda a criança em todos os aspectos.”

Psicologa Juliane Fechio (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

Mãe de um dos atletas, Maíra Bezerra Freire Silva, comentou o como a palestra mudou sua visão: “Saber que tem esse amparato de psicólogo para ajudar nossos filhos e a nós também, nos deixa muito mais tranquila. Me identifiquei em diversas situações e exemplos que foram mencionados na palestra. Me abriu muito a cabeça, e já vou colocar tudo em prática que aprendi hoje. Essa palestra veio em um momento ótimo das nossas vidas”.

Um dos pais, Matheus Guilherme Zandonadi Pozzatto, também registrou o benefício que a palestra o trouxe: “Tive uma lição muito grande ao ver a palestra. Passou um filme na minha cabeça, principalmente porque eu também já estive na situação do meu filho. Mudou minha cabeça, meu modo de pensar e até mesmo no meu modo de educá-lo.”