Sandry usa clássico como aprendizado e se vê mais ‘maduro’ para segunda Libertadores pelo Santos FC

Sandry usa clássico como aprendizado e se vê mais ‘maduro’ para segunda Libertadores pelo Santos FC

O Santos FC já está pronto para a estreia na Conmebol Libertadores de 2021. Na tarde desta segunda-feira (8), no CT Rei Pelé, o técnico Ariel Holan comandou a última atividade antes do embate contra o Deportivo Lara, nesta terça (9), às 19h15, na Vila Belmiro, pelo confronto de ida da segunda fase da competição continental.

Finalista na última edição da Liberta, deixando os campeões Olimpia, LDU, Grêmio e Boca Juniors pelo caminho, o Peixe iniciará sua 16ª participação no torneio. O volante Sandry, por sua vez, disputará sua segunda Libertadores na carreira e acredita estar mais experiente para a nova jornada na América do Sul.

“Acho que chego mais maduro, sim. Por tudo que nós passamos na última Libertadores. Não só eu, mas todos que fizeram parte daquela campanha. Chegamos numa final com todas as dificuldades, enfrentamos equipes com muito peso e fizemos grandes jogos. Acho que tudo que vivemos na última temporada faz a gente tem uma experiência melhor para chegar bem na nova edição”, afirmou o camisa 38.

A equipe comandada por Ariel Holan chega para o duelo contra o Deportivo Lara vindo de uma goleada de 4 a 0 sofrida para o São Paulo no último sábado (6), no Morumbi, pelo Campeonato Paulista. Para Sandry, o Santos FC deve usar o revés no clássico como exemplo para não repetir os erros na Libertadores.

“Não só os bons momentos servem de exemplo. Temos que usar o desempenho ruim de sábado como aprendizado para nós. Vamos buscar não cometer os mesmos erros do clássico para fazer um grande jogo contra o Lara, que já será nossa primeira grande decisão da temporada. Estamos bem preparados e precisamos fazer valer a força da Vila Belmiro”, concluiu o Menino da Vila.

(Foto: Ivan Storti/ Santos FC)