O DNA ofensivo que enche de orgulho o torcedor

O DNA ofensivo que enche de orgulho o torcedor

Por Guilherme Guarche, do Centro de Memória

Em 2014, o Alvinegro atingiu a marca de 12 mil gols, sendo o clube que mais marcou gols na história do futebol. Os números do Peixe em relação à marcação de gols são únicos, e dificilmente outro clube alcançará o time santista.

Há 57 anos atrás, bem antes de atingir essa marca, no dia 26 de maio de 1957, domingo, o Santos empatava em 2 a 2 com o Fluminense pelo Torneio Rio-São Paulo, no Estádio Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, e alcançava o número de 4000 mil gols marcados, sendo seu autor Paulo César de Araújo, o saudoso e genial centroavante Pagão.

O primeiro gol da partida, por ele assinalado, aconteceu aos 26 minutos de jogo. A jogada do gol começou com Álvaro, que prontamente tocou para Pelé. O Rei lançou Pagão, que apostou corrida com o zagueiro Roberto e quando viu o goleiro do time carioca, Victor Gonzalez, sair debaixo das traves, chutou forte e abriu o marcador. O Peixe ampliou a contagem por intermédio de Álvaro, no início do segundo tempo. O Fluminense reagiu e acabou empatando a partida nos minutos finais do jogo.

O Jornal do Brasil, tradicional diário carioca reconheceu o amplo domínio técnico santista. Ao ler a descrição do jogo dá para imaginar “o veloz e objetivo ataque santista”, como definiu o jornal, pressionando a equipe carioca, para entusiasmo do bom público no Pacaembu.

Após algumas oportunidades, finalmente o gol saiu, aos 28 minutos. Aqui vale a pena reproduzir fielmente a descrição impressa no JB:

Aos 28 minutos, numa jogada espetacular, pondo em ação toda a sua velocidade e inteligência, o comandante santista Pagão passou por dois adversários e embora perseguido de perto por Clóvis, que tentou ainda segurá-lo pela camisa, sem sucesso, invadiu a área e fulminou Vitor Gonzalez com um tiro seco, sem apelação.

Relação das marcas históricas de gols até o gol 4000

Gol 1000 – Siriri (2º gol) – 11/11/1928 – Santos 3 x 2 Corinthians

Local: Estádio Parque São Jorge, em São Paulo – Campeonato Paulista.

Gol 2000 – Gradim (2º gol) – 30/04/1939 – Santos 3 x 0 Ypiranga-BA

Local: Estádio Campo da Graça, em Salvador – Amistoso.

Gol 3000 – Odair (4º gol) – 16/09/1950 – Santos 4 x 1 Nacional

Local: Estádio Comendador de Souza, em São Paulo – Campeonato Paulista.

Gol 4000 – Pagão (1º gol) – 26/05/1957 – Santos 2 x 2 Fluminense

Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo – Torneio Rio-São Paulo.