Mascotes do Santos FC são vacinados em ação de alerta sobre a Poliomielite

Mascotes do Santos FC são vacinados em ação de alerta sobre a Poliomielite

Na tarde desta sexta-feira (22), os mascotes Baleião e Baleinha receberam uma visita muito especial na Vila Belmiro: o personagem Robson, o amigurumi (mascote de crochê) e guardião dos bebês e crianças nos momentos em que eles mais precisam de proteção. O objetivo do encontro foi lembrar do mês de combate à poliomielite, com foco em prestação de serviço e educação em saúde sobre a imunização contra a doença.

Além da reunião animada, no próximo sábado (23), no intervalo da partida entre Santos FC e América (MG), pela vigésima oitava rodada do brasileirão, os telões da Vila trarão informações sobre o tema, com foco na conscientização sobre a poliomielite.

A ação “Vacinação em Campo” faz parte da campanha “Quem Ama Vacina”, da Sanofi Pasteur, idealizada pela Publicis que, em parceria com Santos Futebol Clube, levará as ativações às redes sociais do clube (@SantosFC) e da farmacêutica (@vacinacaosemduvida). O mês de conscientização sobre a Poliomielite alerta para a queda da cobertura vacinal contra a Poliomielite nos últimos seis anos no Brasil, que foi acentuada pela pandemia1. A iniciativa reforça a necessidade do tema estar no radar de todos – pais, mães, famílias e cuidadores, para que a doença não volte a circular no Brasil.

Sobre a Sanofi Pasteur

Como parceiros da jornada de saúde, nós da Sanofi temos orgulho de que nossas vacinas possam ajudar a nos proteger e a proteger as pessoas que amamos de uma ampla gama de doenças infecciosas graves, em todas as fases da vida. A Sanofi Pasteur, nossa unidade de negócios global de vacinas, realiza parcerias com as comunidades de saúde pública, médica e científica, para melhorar o acesso às vacinas que protegem a vida e aumentar a cobertura vacinal, enquanto se dedica a desenvolver vacinas inovadoras. Presente no mundo há mais de 100 anos e no Brasil há mais de 45 anos, acreditamos em um mundo onde ninguém sofra ou morra por doenças preveníveis por vacinas.