Marinho lança desafio e atletas do Santos doam cestas básicas

Marinho lança desafio e atletas do Santos doam cestas básicas

O atacante Marinho também marca golaços fora de campo. Com o objetivo de ajudar as pessoas que foram prejudicadas pela pandemia, o camisa 11 santista lançou um desafio de doar cestas básicas, em seu Instagram e recebeu o apoio dos colegas de elenco, Felipe Jonatan, Jean Mota e Lucas Braga.

A iniciativa começa nesta sexta-feira, 09, com Marinho, que enviará 30 cestas básicas para a Casa da Vó Benedita, instituição fundada em 1976, em Santos, com a finalidade de socorrer a infância em estado de abandono, orfandade, maus tratos e situação de risco. Atualmente cerca de 20 crianças moram no local. “É importante participar e incentivar outras pessoas que tem condições de por comida na mesa de quem hoje está precisando muito de alimento”, afirmou Marinho.

Já na segunda-feira, o atacante doará mais 70 cestas básicas para o Morro do Tetéu, área de vulnerabilidade social da cidade de Santos, onde muitos moradores ficaram desempregados por conta da pandemia. O lateral Felipe Jonatan, que esteve no local no ano passado, também enviará 50 cestas básicas àquela região. “Eu sou um cara que gosto de ajudar e queria um local que estivesse muito necessitado, que estivesse precisando muito de ajuda neste momento tão difícil”.

Felipe Jonatan que foi desafiado por Marinho, convocou também Jean Mota para participar da ação solidária. O meia santista doará mais 50 cestas básicas, que serão enviadas na terça-feira, 13, para dois locais diferentes: a comunidade terapêutica Nova Histórica, clinica de recuperação de dependentes químicos da igreja Peniel e também para a Creche Gota de Leite, que foi fundada há 106 anos na cidade de Santos e atualmente atende 400 crianças.

”Recebi o desafio do Felipe e o intuito é chegar no máximo possível de jogadores para neste momento doar para lugares que realmente precisam. É uma iniciativa muito legal de poder ajudar o próximo e eu tenho certeza que vai abençoar muitas vidas”, ressaltou o meia.

Jean Mota desafiou também Lucas Braga, que doará mais 10 cestas básicas ao N.A.P.N.E (Núcleo de Atendimento aos Portadores de Necessidades Especiais). Associação dos Portadores de Deficiência Mental, criada na esperança de mudar a perspectiva de vida de jovens e adultos com deficiência intelectual. A instituição foi fundada em 09 de Maio de 1992 e busca valorizar o potencial humano, fortalecendo a autoestima, igualdade e autonomia das Pessoas com Deficiência Intelectual. “Pra mim é muito importante ajudar nessa situação atípica que estamos vivendo onde muitas pessoas estão passando dificuldades, então é importante fazer o que esta ao nosso alcance. Fiquei muito feliz com o desafio e de poder fazer essas doações e creio que Deus vai abençoar grandemente essas famílias”, disse Lucas Braga.

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)