Kaio Jorge relembra gols contra o Grêmio e ‘cobra’ Pirani após assistência no Santos FC

Kaio Jorge relembra gols contra o Grêmio e ‘cobra’ Pirani após assistência no Santos FC

Na temporada passada, Kaio Jorge em campo pelo Santos FC contra o Grêmio foi sinônimo de gol. Em quatro jogos contra a equipe de Porto Alegre em 2020, o Menino da Vila balançou as redes quatro vezes, sendo três delas no duelo entre as equipes pelas quartas de final da Conmebol Libertadores.

E nesta quinta-feira (24), às 21h30, o camisa 9 do Alvinegro Praiano terá novamente o Tricolor Gaúcho pela frente, na Arena do Grêmio, pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2021. Apesar do ótimo retrospecto no último ano, Kaio pregou respeito ao time rival, mas admite que espera repetir o feito contra os gaúchos.

“Amanhã vai ser um jogo bem difícil, nós sabemos bem da grandeza do Grêmio. Mas estamos vindo aqui para nos impor e conquistar a vitória. Sobre os gols na temporada passada, creio que é fruto de muito trabalho. Os jogos contra eles ano passado foram muito abertos, isso acabou facilitando meu desempenho e fui feliz. Se puder marcar mais um amanhã e ajudar meus companheiros será muito bom, com certeza”, afirmou o atacante.

Em 2020, Kaio Jorge anotou quatro gols contra o Grêmio (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Além de artilheiro, Kaio Jorge também se destacou no último domingo (20) ao ser generoso com Gabriel Pirani. Após erro na saída do São Paulo, o camisa 9 recuperou a bola e rolou para o meia, completamente livre, anotar o gol que fechou a vitória do Santos FC por 2 a 0, na Vila Belmiro.

Atuando juntos desde o sub-11 do Peixe, Kaio destacou o entrosamento com Pirani, mas não deixou de ‘cobrar’ o companheiro após a assistência do clássico.

“Ele não agradeceu não, esse safado. Já cobrei ele depois do jogo. Tem que pagar pelo menos o rodízio de churrasco, né!? Vamos ver se pelo menos ele me dá uma assistência para retribuir. Mas tirando as brincadeiras, o Pirani é um menino bom e tem tudo para trilhar um ótimo caminho aqui. Sempre fomos muito amigos, desde o sub-11. Ele era o 10 e eu o 9, éramos uma duplinha bem entrosada. Feliz depois por estar com ele no profissional, assim como Sandry, Ivonei, Marcos Leonardo, etc. É muito gratificante estar com todos eles aqui depois de tanto tempo que passamos juntos na base”, concluiu Kaio Jorge.

Pirani e Kaio Jorge atuam juntos desde o sub-11 do Peixe (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/ Santos FC)