Fora de casa, Meninos da Vila vencem Chapecoense por 2 a 1 pelo Brasileirão Sub-17

Fora de casa, Meninos da Vila vencem Chapecoense por 2 a 1 pelo Brasileirão Sub-17

Na tarde deste sábado (5), a equipe Sub-17 do Santos FC enfrentou a Chapecoense no CT Água Amarela, em Chapecó (SC) pela quinta rodada do grupo B do Campeonato Brasileiro da categoria. A partida terminou em 2 a 1 para o Santos e os dois gols dos Meninos da Vila foram marcados pelo camisa 9, Deivid.

Na próxima rodada do Brasileirão Sub-17, o Santos FC recebe o Fluminense no CT Rei Pelé, em confronto direto pelas primeiras colocações do grupo B da competição. A partida está marcada para as 15 horas do próximo sábado (12).

O jogo

Ainda no primeiro minuto de jogo a Chapecoense chegou ao ataque em rápida descida pelo lado esquerdo com Igor, que cruzou para a grande área e encontrou Cacá. O camisa 7 empurrou para o fundo das redes depois de desvio da marcação e abriu o placar para os mandantes. A partir de então, o jogo se manteve equilibrado, mas o Santos FC aumentou a pressão no campo adversário, em busca do gol de empate.

E aos 24 minutos da primeira etapa, os Meninos da Vila chegaram ao gol de empate. Kauan Saraiva recebeu passe de letra de Netinho pelo lado direito e acertou belo cruzamento na segunda trave para Deivid. O camisa 9, de primeira, mandou para o fundo das redes, sem chances para o goleiro adversário e igualou o marcador em 1 a 1.

Com 30 minutos, o Santos FC chegou mais uma vez com perigo. Alison Matheus avançou pelo meio de campo, cortou os marcadores e chutou para o gol, fazendo o goleiro adversário espalmar para o meio da grande área. No rebote, Pedro Amarante ajeitou para Alison que tentou finalizar de novo, mas desta vez a bola bateu no marcador.

No segundo tempo o Santos voltou pressionando muito, determinado a virar o jogo. Ainda no primeiro minuto depois da volta dos vestiários, Netinho tabelou com Alison na entrada da área e encontrou Pedro Amarante aberto pela esquerda. Pedro chegou chutando no pé da trave direita do goleiro adversário, mas ele espalmou para a linha de fundo.

Minutos depois, Hyan avançava pelo meio, quando chutou forte para o gol, pegando o goleiro Pedro de surpresa. Pedro espalmou para o meio da área e Alison Matheus foi rápido, recuperou a bola cortando o goleiro, mas finalizou para fora. Aos 8 minutos, foi a vez de Gerson receber pelo lado esquerdo do campo de ataque e cruzar para o autor do primeiro gol, Deivid, que mais uma vez pegou de primeira e quase marcou o segundo do Santos FC.

Os Meninos da Vila chegaram ao gol da virada com 17 minutos da segunda etapa. Alison recebeu na entrada da área e tocou de primeira para Deivid, que vinha chegando pela direita da grande área. O camisa 9 bateu cruzado e acertou o fundo das redes, marcando o segundo dele e do Peixe na partida fora de casa.

Passando da metade do segundo tempo, Alison Matheus recebeu passe pelo lado direito da grande área e bateu cruzado para o gol, levando muito perigo ao goleiro adversário, já que a bola passou rente à sua trave direita, antes de sair pela linha de fundo.

Já nos acréscimos, quase o Santos chega ao terceiro, Deivid puxou contra ataque, fintou os zagueiros, mas acabou finalizando em cima do marcador, no rebote, Gustavo Santana finalizou por cima do gol.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 1 X 2 SANTOS FC
Local: CT Água Amarela, em Chapecó (SC)
Data: sábado, 05 de junho de 2021
Horário: 15h
Árbitro: Edson da Silva
Assistentes: Deise Genoefa Bellaver e Luciane Rodrigues dos Santos
Gols: (ACF) Cacá, aos 2′ 1ºT (SFC) Deivid, aos 24′ do 1ºT e aos 17′ do 2ºT
Santos FC: Vitor; Kauan Saraiva (Gustavo Henrique), Jair Paula, Kazim e Gerson (Pedro Palhares); Hyan, Hugo (Isac) e Netinho (Vitor Mota); Alison Matheus (Gustavo Santana), Pedro Amarante (Marcelo Gonçalves) e Deivid. Técnico: Elder Campos
Chapecoense: Pedro; Cata, Boni (João), Fell e Finatto; Motta (Enzo), Badá e Lucas (Yan); Cacá (Kelvin), Higor (Cauã) e Diego (Eli). Técnico: Dudu

(Texto: Tiago Maestre (Estagiário) com supervisão de Fábio Maradei (Gerente de Comunicação) e Foto: Júlia Galvão/Chapecoense)