Com golaço e de virada, Sereias da Vila vencem São José, fora de casa, e se reabilitam no Brasileiro

Com golaço e de virada, Sereias da Vila vencem São José, fora de casa, e se reabilitam no Brasileiro

De virada, as Sereias da Vila, mesmo fora de casa, fizeram bonito e venceram a equipe do São José, por 2 a 1, no estádio Martins Pereira, em compromisso válido pela 4ª rodada da segunda fase do Campeonato Brasileiro.

Aos 26 minutos da primeira etapa as donas da casa saíram na frente. Após cobrança de escanteio a bola foi rebatida, bateu na cabeça da atacante Chú, e de maneira improvável entrou no gol santista. No entanto a reação do time feminino do Peixe aconteceu na segunda etapa. Já aos 39, Gabi Zanotti empatou, fazendo seu quinto gol em três jogos. E por fim, aos 43, a grande pintura da partida. A meia argentina Sole Jaimes, da intermediária, acertou um lindo chute e encobriu a goleira Andrea, garantindo a vitória Alvinegra.

O ótimo resultado não apenas reabilitou a equipe do Santos como também manteve o time santista vivo na competição. Agora as Sereias da Vila passaram a somar seis pontos no Grupo 5 (mesma pontuação do Adeco que ainda joga amanhã), três a menos em relação ao São José, e ainda faltando duas rodadas.

Muito satisfeito após o apito final, o técnico Caio Couto revelou que o foco da conversa antes do jogo foi muito importante. “O fundamental do jogo foi a conversa que tivemos ontem à noite aqui no hotel. Apesar da nossa situação no campeonato não ser das melhores (até aquele momento) a gente não colocou para as atletas uma pressão de ter que vencer. Pelo contrário, a gente colocou a alegria de estar no grupo do Santos e participar do Santos que é o time de ponta do futebol feminino. E a partir desta alegria a gente procurar com leveza estar se divertindo dentro de campo. Foi essa a tônica da nossa mente para esta partida”, declarou o técnico santista.

No jogo em si, Couto pode contar com a qualidade do grupo que tem nas mãos, o que no seu entender ajudou o time a melhorar ainda mais na volta da segunda etapa. “As meninas que entraram ajudaram bastante. Não só a Sole que entrou e fez o gol, mas as outras duas atletas (Thessa e Luize) que entraram com dinâmica. Estávamos precisando de mais força no time e essa força veio. E Deus nos abençoou no final, por que já tínhamos tido uma chance com a Ketlen no primeiro tempo e pelo menos mais outras duas oportunidades. E foi na chance mais improvável de todas, no chute lá de fora da Sole, que a gente acabou sendo honrado por Deus, e o Santos está vivo na competição.

Agora as Sereias da Vila voltam a campo já na próxima quarta-feira (14), para enfrentar o Botafogo (PB), em João Pessoa, no estádio Leonardo da Silveira.

São José 1×2 Santos

Local: Estádio Martins Pereira (São José dos Campos)
Horário: 16 horas
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira
Auxiliar 1: Alex Alexandrino
Auxiliar 2: Marcela de Almeida Silva
Cartão amarelo: Carol Arruda, Maria e Sandrinha
Gols: Chu (SJ), aos 26 min. Do primeiro tempo; Gabi Zanotti (SAN), aos 39 min. do primeiro tempo e Sole (SAN) aos 42 min do segundo tempo.

São José: Andrea; Paulinha, Peçanha, Diniz, Baiana (Bia); Yasmin, Djenifer, Formiga, Chú, Sâmia (Alanna) e Portílho.Técnica: Emely da Cunha

Santos FC: Dani; Maria (Luize aos 37’ do 2/T), Carol Arruda, Calan e Rylani; Sandrinha (Thessa aos 17’/2T), Maglia, Karen (Sole Jaimes aos 20’/2T) e Erikinha; Ketlen e Gabi Zanotti. Técnico: Caio Couto