Em Belo Horizonte, Santos FC perde para o América-MG

Em Belo Horizonte, Santos FC perde para o América-MG

Na noite deste sábado (03), o Santos FC perdeu para o América-MG por 2 a 0 no Estádio Independência, em jogo válido pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O próximo jogo do time santista é na terça-feira (6), ás 19h30 na Vila Belmiro, contra o Athletico Paranaense.

O jogo
O Santos começou bem na partida, e aos 3 minutos, a primeira ótima jogada ofensiva. A bola é enfiada para Felipe Jonatan, e ele bate já dentro da área, e com um pequeno desvio da zaga, a bola corre pra escanteio.

Aos 13 minutos, Marinho escapa da marcação, limpa a jogada e chuta da entrada da área. O goleiro segura no meio do gol. Na sequência, Marcos Guilherme infiltra e bate em cima do goleiro, que coloca para escanteio.

Jean Mota puxa contra ataque, aos 18 minutos, e da um lindo passe para Marcos Guilherme, que invade a área em velocidade e chuta com perigo, obrigando o goleiro a fazer outra defesa.

Lucas Braga arrisca chute da entrada da área, aos 24 minutos, colocando dificuldade na defesa do arqueiro.

No último minuto da primeira etapa, Marinho cobrou falta com violência, e a bola explodiu na barreira.

Aos 9 minutos, já do segundo tempo, João Paulo abre o placar para o América-MG.

A primeira finalização perigosa do time santista na segunda parte, veio através de Camacho, que arriscou de longe.

Em lance duvidoso, aos 34 minutos, Madson foi derrubado na área, e a arbitragem mandou a partida seguir. Três minutos depois, em bola cruzada na área, Carlos Sánchez arrematou de primeira, e a bola acabou passando por cima do travessão.

Após sobra na entrada da área, o estreante lateral Moraes, pegou de primeira com estilo, e a bola por muito pouco não entrou, aos 42 minutos.

O América-MG fez 2 a 0 aos 48 minutos através de Carlos Alberto, e aos 52 o jogo foi finalizado.

Ficha Técnica:
América-MG 2 x 0 Santos FC

Data: 03/07/2021
Horário: 19h00
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte, Minas Gerais.
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim
Auxiliares: Esdras Mariano Albuquerque e Brigida Cirilo Ferreira
Cartões amarelos: Eduardo, Ribamar e Zé Ricardo (AFC); Pará, Lucas Braga e Luiz Felipe (SFC)
AMF: Matheus Cavichioli; Eduardo, Eduardo Bauermann, Anderson Jesus e João Paulo; Zé Ricardo (Ramon), Juninho Valoura e Marcelo Toscano (Juninho); Felipe Azevedo (Alan Ruschel), Ribamar (Carlos Alberto) e Rodolfo José. Técnico: Vágner Mancini
SFC: João Paulo; Pará (Madson), Luiz Felipe (Ângelo), Kaiky e Felipe Jonatan (Carlos Sánchez); Camacho, Jean Mota e Gabriel Pirani (Moraes); Lucas Braga, Marcos Guilherme e Marinho. Técnico: Fernando Diniz