Com quebra de recordes, Santos vence o Deportivo Lara na Vila Belmiro

Com quebra de recordes, Santos vence o Deportivo Lara na Vila Belmiro

Na noite desta terça-feira (9), o Santos iniciou a sua 16ª participação na Conmebol Libertadores, e venceu o Deportivo Lara, da Venezuela, por 2 a 1 na Vila Belmiro, pela fase 2 da competição. Os meninos Vinícius Balieiro e Kaiky Fernandes, fizeram os gols do Peixe na partida. O jogo da volta será realizado na Venezuela, no dia 16, também terça-feira. O time santista se qualifica para próxima fase até mesmo com um empate.

Recordes na estreia da Libertadores
Ângelo, Kaiky e Gabriel Pirani, fizeram seu primeiro jogo da carreira pela Conmebol Libertadores, e dois deles, entraram para uma seleta lista. Ângelo se tornou o jogador mais jovem a vestir a camisa santista na competição, e Kaiky, foi para a 3ª colocação. Ângelo superou Rodrygo para alcançar o topo da lista.

Kaiky ficou em 3º entre os mais jovens a atuar, mas foi para o topo da lista em relação aos gols. Com apenas 17 anos, 1 mês e 25 dias, ele também ultrapassou Rodrygo, e agora carrega a marca de ser o atleta mais jovem a marcar pelo Santos na Conmebol Libertadores.

Confira as listas:

Os mais novos na Libertadores:

1º – Ângelo – 16 anos, 2 meses, 16 dias
09/03/2021 – Santos 2 x 1 Deportivo Lara-VEN

2º – Rodrygo – 17 anos, 1 mês e 20 dias
01/03/2018 – Real Garcilaso-PER 2 x 0 Santos

3º – Kaiky Fernandes – 17 anos, 1 mês e 25 dias
09/03/2021 – Santos 2 x 1 Deportivo Lara-VEN

4º – Marcos Leonardo – 17 anos, 4 meses e 13 dias
15/09/2020 – Santos 0 x 0 Olímpia-PAR

5º – Cabralzinho – 17 anos, 6 meses e 10 dias
12/07/1962 – Santos 1 x 0 Universidad Católica-CHI

Os mais jovens a marcar pela Libertadores:

1º – Kaiky Fernandes – 17 anos, 1 mês e 25 dias
09/03/2021 – Santos 2 x 1 Deportivo Lara-VEN

2º – Rodrygo – 17 anos, 2 meses e 6 dias
15/3/2018 – Santos 3 x 1 Nacional-URU

3º – Marcos Leonardo – 17 anos, 5 meses e 18 dias
20/10/2020 – Santos 2 x 1 Defensa y Justicia-ARG

O jogo
O time santista iniciou dominando as ações desde os primeiros minutos da partida.

Aos 14 minutos, a primeira jogada de perigo do Alvinegro. Ângelo faz linda jogada pela direita, passa por dois marcadores e cruza na área. Marcos Leonardo aparece para cabecear de peixinho, obrigando o goleiro a fazer boa defesa.

Cinco minutos depois, Soteldo recebe e deixa Felipe Jonatan livre na grande área. O lateral domina, foge da marcação e toca para Lucas Braga. O atacante recebe, e a zaga o trava. Ângelo fica com a sobra, e cruza com perigo para o goleiro fazer a defesa.

Na sequência, Ângelo recebe na direita e faz tabela com Marcos Leonardo. O camisa 27 domina a bola, puxa para a linha de fundo e bate sem ângulo. Outra defesa do arqueiro da equipe venezuelana.

Aos 33 minutos, João Paulo faz grande defesa em cobrança de falta.

A primeira etapa terminou com o domínio do time santista, e com boas jogadas pelo lado realizadas.

No início do segundo tempo, o Peixe já abriu o placar aos 4 minutos. Sandry limpa a marcação e toca para Alison na ala direita. O capitão santista cruza rasteiro, a zaga afasta e a bola sobra no pé de Viniícius Balieiro, que enche o pé para marcar o primeiro gol do Santos na edição de 2021 da Conmebol Libertadores, e seu primeiro gol pelo time santista.

Aos 6 minutos, o Deportivo Lara empatou através de Anzola.

Dez minutos depois, o time santista chega com Felipe Jonatan pela ala esquerda, que cruza para Kaiky Fernandes. O jovem zagueiro por muito pouco não chega a tempo para marcar.

O técnico do Peixe, Ariel Holan, promoveu a entrada de Jean Mota aos 23 minutos. Um minuto depois, o meio campista cobrou escanteio com categoria, e colocou a bola na cabeça de um dos estreantes da noite na Libertadores, Kaiky Fernandes. O Menino da Vila testou firme, e colocou o Alvinegro novamente em vantagem. Em seu segundo jogo como profissional, o defensor já marca seu primeiro gol.

Além de atuarem bem, os jovens Ângelo e Kaiky, já marcaram seu nome na história santista na noite de hoje (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Aos 38 minutos, Lucas Braga recebe na direita, domina e chuta cruzado e a bola passa rente a trave. Três minutos depois, de novo Lucas Braga. Ele aproveita escanteio cobrado, e obrigada o goleiro a fazer mais uma defesa na partida.

Faltando 2 minutos para o fim do tempo regulamentar, Jean Mota chuta com categoria, e o arqueiro se estica todo para colocar a bola para escanteio.

Já nos acréscimos, foi a vez de Gabriel Pirani tentar balançar as redes, e obrigar o arqueiro a fazer mais uma defesa, em chute firme do Menino da Vila.

A partida terminou com a vitória santista, e na próxima semana, até mesmo empatando, se qualifica para a fase 3 da Conmebol Libertadores.

Santos FC 2 x 1 AC Deportivo Lara
Data: 09/03/2021
Horário: 19h15
Gols: Vinícius Balieiro aos 4min, Anzola aos 6min e Kaiky Fernandes aos 24min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Árbitro: Andrés Matonte (URU)
Cartões Amarelos: Alison (SFC); Darwin Gómez e Anzola (ACDL)
SFC: João Paulo; Vinícius Balieiro, Kaiky Fernandes, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Sandry (Gabriel Pirani) e Soteldo; Lucas Braga, Ângelo (Bruno Marques) e Marcos Leonardo (Jean Mota). Técnico: Ariel Holan
ACDL: 
Curiel; España, Anzola, Cristopher Rodríguez e Sifontes; Meleán, Bueno, Segovia (Jean Castillo), Barrios (Jesús Silva) e Darwin Gómez; Salazar (Ángel Sánchez)