‘Adotado’ por experientes, Ângelo revela apelido e quer fazer história no Santos FC: “Sou feliz aqui”

‘Adotado’ por experientes, Ângelo revela apelido e quer fazer história no Santos FC: “Sou feliz aqui”

É praticamente impossível vir ao CT Rei Pelé em dia de treino e não ver Ângelo alegre. Com apenas 16 anos e ostentando a marca de jogador mais jovem a entrar em campo pelo Santos FC na história da Conmebol Libertadores após atuar na vitória por 2 a 1 sobre o Deportivo Lara, na última terça (9), o Menino da Vila gosta de distribuir sorrisos e brincar com todos no dia a dia de treinos do clube.

“Sempre faço questão de falar que estou em um lugar especial. Sou muito feliz por estar aqui. É gratificante demais ser o mais novo a jogar uma Libertadores com essa camisa tão pesada que é a do Santos FC. Eu gosto de brincar bastante com os caras mais experientes do grupo. Sou assim mesmo no dia a dia, de bem com a vida. Jogar bola é o que mais amo no mundo, então não tem como estar triste aqui”, afirmou o camisa 27.

Integrando a equipe profissional desde outubro de 2020, Ângelo já atuou em 12 partidas pelo Peixe e vem sendo um dos destaques neste início de temporada. Brincalhão, o atacante admitiu que foi ‘adotado’ pelos companheiros mais velhos no clube, porém, destacou que não alivia na hora de tirar uma onda com eles.

“Desde que cheguei fui muito bem recebido. Dá pra dizer que fui ‘adotado’ sim pelo Luiz Felipe, Pará, Soteldo, Marinho, tem o Felipe Jonatan também, que é mais chatinho, mas também cuida bastante. E eu encho muito o saco deles, né!? Tem que dar uma zoada, pô. O Pará, por exemplo, ganhou tudo no futebol e não arrumou nada na latinha dele. É feio demais. O Soteldo já gosta de ficar na resenha dando pancada nos outros. A gente brinca com todos e o ambiente aqui é bom demais. Eles acolheram eu e todos os meninos da base da melhor forma possível”, ressaltou.

‘Adotado’ por Pará, Ângelo não perde oportunidade de zoar o companheiro (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

E obviamente quem gosta de zoar também acaba sendo sendo zoado também. Desde suas primeiras semanas na equipe profissional, em outubro de 2020, um apelido vem perseguindo Ângelo no Peixe. ‘Promessa’, como é chamado pelos companheiros, explicou de onde surgiu a brincadeira.

“Um dia eu tava no DM, e então um dirigente estava passando por ali e falou que eu seria a nova promessa do Santos FC. Só que o Kaio Jorge, que é um brincalhão, acabou ouvindo de longe e saiu espalhando para todo mundo ‘olha aí a nossa promessa’. E então os caras, Jobson Marinho, Felipe Jonatan, começaram a me zoar com isso e agora todos me chamam de ‘Promessa’ aqui dentro. Brincadeiras à parte, ainda não me vejo como promessa. Sei que preciso evoluir muito, ouvir os experientes e ir crescendo aos poucos. Vou trabalhar bastante para conquistar muita coisa e quem sabe fazer história aqui”, concluiu o Menino da Vila.

Com Ângelo à disposição, o Santos FC recebe o Ituano neste sábado (13), às 19h, na Vila Belmiro, pela 4ª rodada do Campeonato Paulista de 2021.

(Foto: Ivan Storti/ Santos FC)