Zagueira Calan fala sobre recuperação da cirurgia no joelho direito

Zagueira Calan fala sobre recuperação da cirurgia no joelho direito

(foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo / Santos FC)

No dia 5 de junho, em um duelo contra o São José, a capitã das Sereias da Vila, Calan, sofreu uma grave lesão. A zagueira teve uma ruptura nos ligamentos dos joelho direito. Operada há aproximadamente três semanas, a jogadora santista fala sobre sua recuperação.

“Completei três semanas de cirurgia, um pouco mais de um mês da minha lesão. É um processo lento, mas já está evoluindo bem. Está cicatrizando bem. Estou feliz. O trabalho está sendo bem realizado no CEPRAF. Não podemos olhar para trás, agora focar daqui pra frente.”, diz otimista defensora do Peixe.

A capitã não “abandonou” sua companheiras, pelo contrário. Na partida contra a Lusa, por exemplo, Calan acompanhou o jogo. Ela diz que é uma obrigação, e prazer, claro, seguir as meninas.

“O mínimo que posso fazer é estar junto. Quero estar junto das meninas. Quero mais, inclusive, viajar com elas. Sou capitã do time, sempre que muitas me escutam, me olham.”

Calandrini pretende voltar aos treinamentos em novembro. Caso se confirme, a jogadora estará retornando antes do previsto. Mas isso só deve ocorrer com muito acompanhamento médico.

“Nenhum clube de futebol, que tem a modalidade feminina, tem um tratamento tão forte e de qualidade como o Santos. O CEPRAF mostra isso. Muita gente qualificada. Eu tenho admiração por todos profissionais do clube. Devo voltar a treinar com bola em novembro. Pelo menos para fazer a transição.”