Yan e Yuri comemoram Dia do Irmão e seguem na luta por realização de sonho familiar

Yan e Yuri comemoram Dia do Irmão e seguem na luta por realização de sonho familiar

Muitos jovens brasileiros sonham e buscam todos os dias por uma chance de jogar em um grande clube de futebol. Alguns conseguem alcançar este feito. Outros acabam desistindo no meio do caminho. Mas poucos conseguem realizar proezas. Inseridos no elenco principal do Santos FC, os irmãos gêmeos Yan e Yuri comemoram o Dia do Irmão com muita alegria no CT Rei Pelé.

No Santos FC desde maio do ano passado, Yuri treina com seu irmão desde o fim da última temporada. Em julho de 2016, também vindo do Audax, Yan chegou à equipe B mas foi logo promovido ao time principal e comemora a oportunidade de treinar ao lado de seu irmão.

“Para mim é uma honra. Eu nunca achei que a gente ia conseguir jogar junto todo este tempo, desde a base. Dois irmãos juntos no profissional é muito difícil, ainda mais em um clube grande como o Santos FC. É uma alegria para nós, para nossa família e para quem nos acompanha desde cedo. Todos sabem que somos unidos desde crianças”, disse Yan, que tem um discurso muito parecido com o do irmão.

“Não imaginava que a gente jogaria junto, ainda mais no Santos FC. Se já é difícil para um chegar em um time grande, imagine para dois!? Para nós tudo isso é a realização de um sonho”, afirmou Yuri.

Yuri e Yan brincam após o treino no CT Rei Pelé (Foto: Ivan Storti/SantosFC)

Com 45 jogos e um gol pelo Alvinegro Praiano, Yuri ainda não atuou com seu irmão. Ciente da grande concorrência pela titularidade no Peixe, o camisa 25 não desiste de entrar em campo em uma partida oficial com Yan.

“Desde a base já tínhamos esse sonho de jogar juntos. A gente até joga parecido. A diferença é que ele é canhoto e marca mais. Eu sou destro e trabalho um pouco mais a bola. Seguimos trabalhando firme para que, quem sabe um dia, isso possa acontecer”, disse o meia Yuri.

Apesar de ainda não ter jogado pelo Alvinegro Praino, o volante Yan demonstra confiança e continua se dedicando de forma intensa por uma oportunidade. “Tenho que ter a mente tranquila. Sigo treinando e batalhando muito. Sei que logo aparece uma oportunidade. Não posso deixar de treinar e dar o meu melhor”.

Além de Yan e Yuri, o Santos FC tem as gêmeas Chai e Natane nas Sereias da Vila e os também gêmeos Daniel e Jonathan no elenco Sub-20.

Foto: Ivan Storti/SantosFC