Sem sofrer gols há três rodadas, elenco santista enaltece forte marcação

Sem sofrer gols há três rodadas, elenco santista enaltece forte marcação

O Santos FC não sofre gols há três partidas do Campeonato Paulista. Após a derrota para o Red Bull Brasil por 2 a 0, no último dia 28, o Peixe venceu o Corinthians por 2 a 0 e o Água Santa e XV de Piracicaba pelo placar mínimo. Feliz pelo desempenho, o elenco santista ressalta a importância da forte marcação para não levar gols.

Com quatro tentos convertidos, o atacante Ricardo Oliveira afirma que além de estar sempre focado na busca pelos gols, o camisa 9 se volta à marcação automaticamente quando o Peixe não está com a posse de bola.

“É um trabalho coletivo. Nunca vamos obter sucesso se não trabalharmos coletivamente. Nem discutimos muito sobre marcação no nosso elenco. Todos temos que trabalhar quando a posse de bola é do adversário. Acho que isso tem garantido o sucesso do nosso plantel. A minha primeira preocupação é em fazer gols. Mas a partir do momento em que perdermos a bola, eu já me posiciono para efetuar um desarme. O futebol está cada vez mais dinâmico. Não podemos ficar para trás”, comentou.

Em sintonia com seu companheiro, o zagueiro Lucas Veríssimo explica que quando o sistema de defesa inicia a marcação já no campo do adversário, os defensores têm um melhor aproveitamento para efetuar desarmes.

“Estamos trabalhando para ficarmos entrosados cada vez mais. Essa harmonia entre o ataque e a defesa tem sido refletida nos resultados. O professor Dorival pede que o time marque, então, desde o Ricardo Oliveira até o último homem, todos ficam em alerta para roubar a bola. E quando isso não é possível de primeira, recompomos e ajudamos os companheiros. Isso é muito importante para nós. Fica mais fácil de trabalhar”, comentou.

Por mais uma vitória sem levar gols, o Alvinegro Praiano volta a campo neste domingo (20) diante do Rio Claro. A partida, válida pela décima rodada do Paulista, será realizada às 19h30 no Estádio Dr. Augusto Schimidt Filho.