Santos FC mantém DNA formador com Jair e termina clássico com oito Meninos da Vila, sendo um estreante

Santos FC mantém DNA formador com Jair e termina clássico com oito Meninos da Vila, sendo um estreante

A vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo na tarde deste domingo (18) confirmou, mais uma vez, que o Santos FC valoriza suas categorias de base. Com as substituições no segundo tempo, o Peixe terminou o clássico com oito Meninos da Vila em campo, sendo um deles o autor do gol da vitória e outro um estreante na equipe do técnico Jair Ventura.

Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique, Alison e Gabriel Barbosa iniciaram a partida entre os titulares no Morumbi. Após o tento marcado por Gabriel, aos 9 minutos da etapa final, o técnico Jair Ventura promoveu a entrada de Arthur Gomes, Léo Cittadini e Guilherme Nunes, que estreou no time principal formando dupla com Alison no meio de campo.

“A estreia foi fantástica. Não imaginava entrar no jogo, mas acabei entrando e graças a Deus pude ajudar a equipe. Errei alguns lances, mas é normal. Pude ajudar a equipe a sair com a vitória, que é o mais importante”, disse o volante de 19 anos, que demonstra muita felicidade por ver que Jair Ventura dá espaço aos jovens talentos.

“Isso nos motiva mais ainda. O professor acredita na base e nos dá confiança nos treinamentos dia após dia. Hoje eu pude fazer minha estreia e estou muito feliz. Glória a Deus por tudo”, comentou Guilherme, capitão santista da última Copinha e que chegou na base do Peixe em fevereiro de 2014.

Outro Menino da Vila que entrou em campo no clássico, Léo Cittadini voltou a figurar nos jogos do Alvinegro Praiano depois de se recuperar de cirurgia no ombro esquerdo, ocorrida em outubro de 2017. Depois de jogar sua segunda partida na temporada 2018, o meia também comemora as oportunidades dadas pelo técnico Jair Ventura aos atletas da base.

Com a participação no clássico, Léo Cittadini soma 58 jogos com a camisa santista (Foto: Ivan Storti/SantosFC)

“Isso é muito bom. O Jair gosta muito dos garotos e o Santos FC é o time que mais utiliza os meninos, então é muito importante. Mostra a força da base do Santos FC”, disse Léo, que completou 58 jogos com a camisa do Alvinegro Praiano e se coloca à disposição para os próximos desafios.

“Ter entrado em campo foi muito importante porque fiquei um tempo parado devido à lesão no ombro. Este foi meu segundo jogo agora. Foi muito bom para pegar ritmo, voltar à minha melhor forma e poder ajudar a equipe. Espero ter mais oportunidades, estou trabalhando para isso. Quando o Jair precisar eu espero entrar e corresponder”, disse o meia, que foi campeão com o Peixe na Copinha 2013.

Líder isolado do Grupo D, com 14 pontos, o Santos FC volta a campo no domingo (25) para encarar o Santo André pela nona rodada do Campeonato Paulista. A partida será realizada na Vila Belmiro, às 19h30. Os ingressos já estão à venda.

Foto: Ivan Storti/SantosFC