Santos FC celebra 14 anos do Memorial das Conquistas com presença do príncipe Dom Bertrand

Santos FC celebra 14 anos do Memorial das Conquistas com presença do príncipe Dom Bertrand

O Memorial das Conquistas “Milton Teixeira” celebrou nesta sexta-feira (17) 14 anos de existência, memórias, taças e glórias. A tarde inesquecível contou com algumas novidades em seu acervo e a presença de Dom Bertrand Maria José de Orléans e Bragança,  príncipe descendente de Dom Pedro I e torcedor do Santos FC. O mestre de cerimônias foi o ator Marcos Frota, além do evento contar com a participação dos cantores Germano Brissac e Fabíola Cariatti, a pianista Carol Meles e do coral da escola Blackbird. Veja todas fotos do evento

Algumas novas peças foram expostas, como, por exemplo, a bola utilizada em 1959, na estreia do Santos FC no estádio Camp Nou, em Barcelona, quando o Peixe venceu a equipe catalã por 5 a 1, a camisa da despedida do Rei Pelé da Seleção Brasileira, utilizada em 1971 contra a Áustria. E, gentilmente cedido pelo Museu Pelé, estará exposto a Coroa e Cetro do Pelé (ficará no Memorial das Conquistas até o dia 31 de dezembro).

O príncipe Dom Bertrand se tornou Sócio Rei, recebendo sua carteirinha das mãos do Vice-Presidente do Santos, César Augusto Conforti, além de ser presenteado com uma camisa autografada pelo Rei do Futebol, o nosso Pelé. Conforti falou sobre o aniversário do Memorial das Conquistas e também da presença de Dom Bertrand. “Eu queria parabenizar primeiro o ex-presidente Marcelo Teixeira, que criou esse Memorial, inclusive dando o nome do seu pai, Milton Teixeira, que são pessoas importantes para o clube. Aqui está toda nossa história, nossas conquistas, nossos troféus, abrigo para outras taças e conquistas, pois sempre teremos espaços para as glórias. Também contamos com a presença do Príncipe Dom Bertrand, que nos homenageou na comemoração deste aniversário. O príncipe tem bom gosto, é torcedor do Santos e Sócio Rei. É importante nosso torcedor virar Sócio Rei, pois é bom para ele, para o Clube e também pode virar majestade (risos).”

Representantes de gerações diferentes do Peixe também celebraram a festa do Memorial das Conquistas. O genial Coutinho e o atacante Nicolas, representando a base do Santos FC, ensinaram o príncipe jogar futebol. Dom Bertrand falou brincando do gol marcado no Solo Sagrado da Vila Belmiro e lembrou de como virou santista. “Marquei um gol apenas depois da minha terceira tentativa (risos). Me lembrou a minha infância. Quando eu era jovem, menino, fiz o colegial no Rio de Janeiro. Nós viemos do Paraná, eu realizei meu estudo secundário no Paraná. Um dia meu pai foi ao Rio e me levou para acompanhar um jogo no Maracanã. Era o Santos contra um outro time. Aí eu vi Pelé, e realmente era um artista. Mereceu o título que recebeu. Fiquei muito contente de participar deste aniversário do Memorial, pois mostra o carinho do Santos, da população de Santos, dos sócios do clube, com o nosso passado, a Monarquia, Dom Pedro I. Se eu estou aqui, é porque represento este passado, que também é uma esperança de futuro.”

O Coordenador de Parcerias Institucionais (Memorial das Conquistas), Alex Fernandes, falou do excelente número de visitantes na história do museu, e, claro, comemorou a participação de um representante da Monarquia no “reinado” santista. “São 14 anos de glórias, de contar histórias, histórias de títulos, de gols. Nesses 14 anos, mais 1.200 milhão de pessoas visitaram este espaço, somos hoje um dos espaços mais visitados de toda região. O Memorial está muito acostumado a receber visitas ilustres, chefes de governos, chefes de Estados, e para nós, no Reino do Futebol, ter um príncipe, e uma honra que nem todos podem ter. É uma grande emoção que estamos sentindo.”. Quem quiser fazer a visita monitorada, igual a feita pelo príncipe, clique aqui.

(fotos: Pedro Ernesto Guerra Azevedo / Santos FC)

Em São Vicente

Também na sexta-feira (17) o Príncipe Dom Bertrand esteve no Instituto Histórico e Geográfico de São Vicente. Lá ele “tabelou” ao lado de um dos maiores gênios da história do futebol: Pepe. José Macia, o querido Pepe, tem uma amostra itinerante, com seus objetos pessoais e objetos do Memorial das Conquistas. Representando a prefeitura de São Vicente, esteve o secretário da Cultura, Fabio Lopes, e representando o Santos Futebol Clube, o presidente do Conselho Deliberativo, Fernando Bonavides.

Foto: Cesar Morgado / Prefeitura de São Vicente