Santos FC bate o São Bento e garante vaga na semifinal do Campeonato Paulista

Santos FC bate o São Bento e garante vaga na semifinal do Campeonato Paulista

O Santos FC está classificado para a semifinal do Campeonato Paulista. Na noite deste sábado (16), na Vila Belmiro, o Peixe venceu o São Bento por 2 a 0 e garantiu a vaga na próxima fase do Estadual. Os gols da partida foram marcados por Vitor Bueno ainda na primeira etapa. Garantido no decorrer da competição, o Alvinegro Praiano aguarda o término da rodada, na segunda-feira, para descobrir seu próximo adversário.

Pressionando a saída de bola do adversário, o time do técnico Dorival Júnior não demorou a abrir o placar. Com 8 minutos jogados, Vitor Bueno tabelou com Gabriel dentro da área e, com muita tranquilidade, se livrou da marcação para bater colocado e não dar chances de defesa para Henal.

Ainda na primeira etapa, aos 40 minutos, Vitor Bueno balançou a rede novamente. Depois de um rápido ataque pela esquerda, Ricardo Oliveira passou pelo marcador e cruzou rasteiro na pequena área. A bola desfilou até encontrar mais uma vez Vitor Bueno, que, de carrinho, empurrou para o gol.

O Peixe ainda criou diversas oportunidades com Gabriel, Ricardo Oliveira, Renato, Vitor Bueno, porém, o placar se findou em 2 a 0.

Agora, o Santos FC foca na estreia da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira (21), em Macapá (AP), o Peixe enfrenta o Santos do Amapá pela estreia da competição. A partida será realizada às 21h30 no Estádio Zerão.

Santos FC 2 X 0 São Bento
Local: Vila Belmiro, às 18h30;
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo;
Auxiliares: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Patrick André Bardauli;
Cartões amarelos: David Braz (SFC);
Gols: Vitor Bueno aos 8 e 40 minutos do 1ºT (SFC).

Santos FC: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato, Vitor Bueno e Lucas Lima (Rafael Longuine); Gabriel (Joel) e Ricardo Oliveira (Elano). Técnico: Dorival Júnior.

São Bento: Henal; Régis Souza, João Paulo, Pitty e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Éder (Diego Clementino), Serginho Catarinense e Clébson (Everton Sena); Edno (Anderson Cavalo) e Rossi. Técnico: Paulo Roberto Santos