Período sem jogos é utilizado para aprimorar preparação física

Carlito Macedo, Marco Alejandro e Fernando Fernandes não entram em campo, mas fazem a diferença dentro dele, pois, são os responsáveis pela preparação física do elenco do Santos FC.

 

Os profissionais utilizam os 10 dias de preparação, entre o último jogo do Peixe pelo Brasileirão, contra o Atlético-MG e a próxima partida, contra o Corinthians, para aprimorar a parte física dos atletas. Trabalhando de uma forma mais específica.

“Nós tínhamos jogadores que necessitavam de um maior apoio muscular, principalmente fortalecimentos. Aproveitamos para que esses atletas trabalhassem de forma especifica dentro dessas funções. A gente tem a necessidade de manter esses jogadores em uma grande condição para a sequencia do Campeonato Brasileiro”, disse o preparador físico, Carlito Macedo.

A principal dificuldade apontada pelo preparador são as viagens, que impedem o trabalho especifico que esta sendo realizado durante esta semana. “Hoje nós temos um problema muito grande que são as viagens longas. Muitas vezes não há tempo para que os jogadores recuperem tanto na parte aeróbica, como muscular. A gente procura utilizar este período de parada para suprir essas situações”.

Um exemplo do trabalho realizado pelos preparadores físicos foi o gol marcado por Ricardo Oliveira, empate em 2 a 2 com o Atlético/MG, no Estádio Independência, em Minas Gerais, pelo Brasileirão. O atacante do Santos, de 35 anos, partiu em grande velocidade do meio de campo e ultrapassou o zagueiro adversário, marcando um golaço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *