Pelé 75 anos: “Ele era perfeito. De outro planeta”, afirma o amigo Pepe

Pelé 75 anos: “Ele era perfeito. De outro planeta”, afirma o amigo Pepe

“O 23 de outubro é uma data mundialmente conhecida”. Assim, José Macia, o Pepe, amigo e ex-companheiro do maior ataque de todos os tempos, define o aniversário de Pelé.

Aos 80 anos, Pepe lembra muito bem do dia em que conheceu o futuro Rei do Futebol. “Era 1956 e me avisaram que um garoto tinha chegado para treinar. Ele me deu um aperto de mão forte. Percebi na hora que o menino tinha chegado com vontade. Nos primeiros dias já fazia muitos gols. Urubatão, zagueiro que o marcava nos treinos, me chamou e disse que ele seria o maior jogador do Brasil. Errou. Foi o maior de todos os tempos”.

O ex-jogador do Santos FC, segundo maior artilheiro da história do Clube com 405 gols em 750 jogos, viveu muitos momentos ao lado de Pelé. E não encontra outra definição para o Rei. “Ele era perfeito. Nunca existiu um jogador igual. Ele dominava todos os fundamentos. Ele é de outro planeta.”

Pepe e Pelé
Pepe e Pelé (foto: Estadão)

Pepe aproveita para mandar o parabéns para o companheiro do ataque mágico que encantou o mundo.” Desejo muita saúde. Ele passou por uns problemas, mas já superados. Sempre foi um cara muito forte. Ligo todos os anos para ele no aniversário e não será diferente. Espero que ele diminua o ritmo de trabalho agora que chegou aos 75 anos. Assim poderemos nos encontrar mais vezes. Nós te amamos”.