Pela primeira vez na modalidade futebol 7, Santos FC confirma participação na GO CUP 2016

Pela primeira vez na modalidade futebol 7, Santos FC confirma participação na GO CUP 2016

A categoria Sub-11 do Santos FC disputa pela primeira vez uma competição de futebol 7. Com o objetivo de realizar uma melhor transição para os atletas que saem do futebol de salão e iniciam os trabalhos no campo, o Peixe confirma presença na terceira edição da GO CUP. Com times de todo Brasil e diversas partes do mundo, o Alvinegro Praiano investe na competição para amadurecimento de seus atletas.

O futebol 7, mais conhecido como society, é disputado com seis jogadores na linha e um no gol. Por ter um número reduzido de atletas, as medidas do campo e das traves são reduzidas, facilitando a qualidade do jogo para a categoria pré-mirim.

Confirmando a participação do Santos FC no torneio, o gerente das categorias de base do Peixe, Ronaldo Lima, ressalta a importância desse campeonato para o time Sub-11.

“É a primeira oportunidade de participar desse tipo de competição. Para nós é uma experiência nova e entendemos válida. Fizemos uma reunião com a comissão técnica do Sub-11 e cremos que de uma forma geral isso será muito interessante. Nosso Sub-11 é o início de tudo. Não tem uma categoria que anteceda. Com isso, os atletas chegam do salão e estranham a diferença do tamanho de campo. Acredito que o futebol 7 vai nos ajudar na transição deles do salão para o campo jogado com 11 atletas”, comentou.

A GO CUP será realizada na cidade Aparecida de Goiânia (GO), entre os dias 21 e 26 de março. Na primeira fase, no Grupo B, o Santos FC enfrenta Saintfoot Soccer Club (JAP), Goiás (GO), PSG Academy Brasil (RJ), Cabo Verde (GO) e Escrete de Ouro (PB). Os três primeiros colocados de cada chave se classificam para as oitavas de final e iniciam a fase de mata-mata.

À frente da delegação que viaja para Goiás, o coordenador das categorias de base santista, Marco Bechara, afirma que a integração com equipes de todo o país e do mundo é fundamental para a formação dos atletas.

“Acredito que será bom para nossos jogadores. Enfrentar times nacionais e internacionais os dará uma experiência muito rica, que vai elencar essa formação deles de entender o que é uma competição desse porte. Acreditamos que é muito importante para a maturidade desses garotos que estão iniciando agora conosco”, afirmou Bechara.

A delegação santista, treinada pelo técnico Leandro Macagnan, embarca para Goiás no sábado (19) e estreia diante do Cabo Verde (GO) às 12 horas da próxima segunda-feira (21).