Paulo Ricardo e M. Gabriel valorizam importância do elenco

Um time de futebol é formado por 11 titulares, mas para resistir a uma temporada que pode alcançar 70 jogos é necessário ter um elenco qualificado. Muitos atletas que não foram aproveitados no primeiro semestre estão atuando frequentemente nas últimas partidas do Peixe. É o caso de Paulo Ricardo e Marquinhos Gabriel, que estão dando conta do recado.

 

Uma vantagem para ser uma peça importante dentro do elenco é a polivalência, característica de Paulo Ricardo, que pode atuar como zagueiro e volante, de acordo com a necessidade do técnico Dorival Júnior. “Estou à disposição. O que queremos é estar em campo. Volante ou zagueiro vou dar meu máximo”, disse o camisa 32.

No caso de Marquinhos Gabriel, o meia atuou no lugar de Lucas Lima nas duas últimas partidas do Peixe. “Fiquei tranquilo, fiz meu trabalho, a gente nunca sabe o que vai acontecer. Mas, sabia que quando chegasse minha oportunidade teria que aproveitar”.

O camisa 31 acredita que, com o bom desempenho apresentado nas partidas, pode ter uma sequência na equipe. “Temos a expectativa de jogar, de ajudar. O professor sabe o que faz, tem as convicções e está enxergando todo mundo. Procurei aproveitar da melhor maneira possível a oportunidade. Agora é esperar para ver a decisão dele. Se tiver que ser opção no banco não tem problema, tenho é que procurar ajudar”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *