Nota de esclarecimento

Tendo em vista a publicação na Folha de S. Paulo, desta terça-feira (18), da matéria intitulada “Presidente do Santos pega empréstimo de R$ 13 milhões com empresário”, subscrita pelos jornalistas Alex Sabino e Klaus Richmond, o Santos FC vem esclarecer o que segue como forma de restabelecer a verdade dos fatos:

O presidente Modesto Roma Jr cumpriu agenda na Europa para tratar de assuntos de interesse do clube. Por ter caráter estratégico, reservou-se ao direto de não revelar a natureza e o teor dos assuntos tratados à imprensa, uma vez que o clube dispõe de fóruns adequados para a prestação dos esclarecimentos devidos em âmbito interno. Portanto, ao dar voz a “pessoas ligadas à diretoria”, a referida matéria revela-se como mera especulação e não traduz a verdade dos fatos;

Todas as operações financeiras realizadas pelo clube constam nos balanços disponibilizados pelo clube para consulta, atendendo rigorosamente as leis vigentes e em acordo com a filosofia de trabalho na administração, de dar transparência a todos os seus atos.

Portanto, em seu devido tempo, bastará á reportagem consultar os referidos balanços para conhecer a proveniência das receitas e despesas do clube, para agir com correção em relação a origem dos recursos e seus respectivos valores, evitando assim suposições e imprecisões.

Da mesma forma, durante a estada do presidente Modesto Roma Jr na Europa não foi oferecida qualquer “promessa” de venda futura de atletas do clube. O Santos FC tem por objetivo a preservação de seu elenco para a disputa das competições programadas em 2017.

A referida matéria, portanto, em nada contribui para informar com correção os seus leitores, servindo tão-somente para tumultuar o ambiente político do clube com a criação especulações e polêmicas desnecessárias.