No Pacaembu, Santos FC empata com Ponte Preta pelo Campeonato Brasileiro

No Pacaembu, Santos FC empata com Ponte Preta pelo Campeonato Brasileiro

(Fotos: Ivan Storti/Santos FC)

O Santos FC somou um ponto na oitava rodada do Campeonato Brasileiro 2017. Na noite deste sábado (17), no Estádio do Pacaembu, o Peixe empatou com a Ponte Preta em 0 a 0. Com este resultado, o Alvinegro Praiano chegou aos 13 pontos, na quinta colocação do Nacional.

Com velocidade e passos precisos, o Santos FC pressionou a Ponte Preta desde o início da partida. Logo aos 4 minutos, após bola enfiada de Lucas Lima, Bruno Henrique bateu rasteiro, na direita da pequena área, e viu Aranha fazer sua primeira defesa do embate.

O Peixe seguiu apostando em rápidas jogadas pelas laterais. Em uma destas ações, aos 21 minutos, a bola atravessou a grande área e encontrou Jean Mota na entrada da mesma. De primeira, o polivalente bateu forte e viu o goleiro visitante salvar novamente.

A equipe santista segurou a pressão da Ponte Preta e voltou a levar perigo ao adversário no fim da primeira etapa com Lucas Lima e Copete, porém a partida foi para o intervalo sem gols. No segundo tempo, o time treinado por Levir Culpi seguiu insistindo e assustou o oponente com Kayke, aos 3 e 15 minutos, com Lucas Lima, aos 21, e com Jean Mota, aos 29, mas o duelo terminou sem gols no Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho.

Pela nona rodada, o Peixe volta a campo na quarta-feira (21) diante do Vitória (BA). A partida será realizada no Estádio Barradão, em Salvador (BA).

Santos FC 0 x 0 Ponte Preta
Local: Estádio do Pacaembu, 17 de junho de 2017, às 21 horas;
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG);
Auxiliares: Marcio Eustaquio S Santiago (MG) e Celso Luiz da Silva (MG);
Cartões amarelos: David Braz, Thiago Maia e Bruno Henrique (SFC); Jeferson, Marllon, Rodrigo e Luan Peres (PP);

Santos FC: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Bruno Henrique, Kayke e Copete (Vladimir Hernández). Técnico: Levir Culpi

Ponte Preta: Aranha; Jeferson, Marllon, Rodrigo e João Lucas (Luan Peres); Fernando Bob, Elton e Renato Cajá (WendeL); Claudinho (Lins), Emerson Sheik e Lucca. Técnico: Gilson Kleina.