“Não apareceu nada assim até hoje”, define Pelé sobre o mágico ataque santista

“Não apareceu nada assim até hoje”, define Pelé sobre o mágico ataque santista
“Sem dúvida nenhuma, até hoje, em todo mundo, não apareceu um ataque em que os cinco jogadores tiveram em suas melhores formas técnicas e físicas, na mesma época.  Essa é uma das razões de eu ter me tornado o maior artilheiro do mundo em todos os tempos com mais de 1.300 gols”. Essa é a definição do maior jogador de futebol da história sobre aquele que é considerado o melhor ataque de todos os tempos. E Pelé ainda acrescenta “Os melhores momentos foram as conquistas que levaram até o Bicampeonato Mundial”.
Neste sábado (09), o Santos FC comemora 50 anos do último encontro daquele que ainda hoje é considerado o melhor ataque da história, com Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe. Veja aqui a história do jogo.
Mengálvio (foto: Dennis Calçada/Santos FC)
Mengálvio (foto: Dennis Calçada/Santos FC)
Para Mengálvio aquela formação foi uma obra Deus. “Jogar naquele ataque representou tudo na minha vida. Só me deu alegrias. Tantos anos se passaram e ainda somos lembrados. Sou muito feliz por presenciar tudo isso. Deus escolheu os elementos certos e botou para jogar. Ninguém ensinou a gente”.
Coutinho (foto: Dennis Calçada/Santos
Coutinho (foto: Dennis Calçada/Santos
Coutinho, um dos maiores atacantes da história do futebol, afirma que dificilmente aparecerá um ataque tão eficiente. “O técnico Lula montou um time forte, cheio de bons jogadores. Foi muito bom. É um família que segue até hoje. E se lembrado é sempre muito bom”.