Memória: Tinha início um “tabu” que durou 11 anos

Memória: Tinha início um “tabu” que durou 11 anos

No dia 03 de novembro de 1957, tinha início o famoso “Tabu”, quando então o Santos FC ficou 11 anos sem perder para o Corinthians em partidas do campeonato paulista. Nesse dia o Peixe empatava em 3 a 3 no Pacaembu com o eterno Rei Pelé marcando três gols, formando o Peixe com: Laércio, Fioti e Getúlio; Dalmo, Ramiro e Zito; Dorval, Álvaro, Pagão, Pelé e Tite. O técnico era Luiz Alonso Perez, o Lula.

Durante o “Tabu” o Alvinegro disputou 22 partidas tendo vencido 16 e empatado 06 partidas marcando 67 e sofrendo 30 gols. Os artilheiros do time foram: Pelé (28), Coutinho (13), Pepe (10), Dorval, Zito e Carlos Alberto Torres (2), Pagão, Jair Rosa Pinto, Sormani, Lima, Rossi, Abel, Mengálvio e Toninho Guerreiro (1) e marcaram contra a favor do Santos, Oreco e Amaro com um gol cada.

Nesse período o time da Vila Belmiro goleou o adversário em três oportunidades: a primeira no dia 07 de dezembro de 1958 na Vila Belmiro pelo placar de 6 a 1 a segunda com o mesmo placar no Pacaembu no dia 30 de novembro de1960 e a terceira no dia 05 de dezembro de1964 pelo placar de 7 a 4 também no Pacaembu.

Curiosidade

O “Tabu” foi encerrado no dia 06 de março de 1968 na derrota santista pelo placar de 2 a 0 no Pacaembu, com o Peixe sendo dirigido pelo técnico Antônio Fernandes, o Antoninho e o adversário pelo ex-técnico santista Luiz Alonso Perez, o Lula, o mesmo técnico que deu início a série invicta santista.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística