Memória: Santos FC vencia pela 6ª vez o Campeonato Brasileiro

Memória: Santos FC vencia  pela 6ª vez o Campeonato Brasileiro

Foi no dia 10 de dezembro de 1968 que o time do Santos FC vencia pela 6ª vez o Campeonato Brasileiro então denominado de Torneio Roberto Gomes s Pedrosa ou Taça de Prata ou também como a imprensa esportiva o chamava de Robertão, ao vencer a equipe do Vasco da Gama pelo placar de 2 a 1.

O Peixe jogou no Estádio do Maracanã no Rio de Janeiro com Toninho Guerreiro e Pelé marcando os tentos do Alvinegro da Vila Belmiro que formou nessa conquista com Cláudio; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Marçal e Rildo; Clodoaldo e Lima; Edu, Toninho (Douglas), Pelé e Abel (Laércio). O técnico era Antônio Fernandes, o Antoninho, que na época em que defendia as cores do Peixe era apelidado de “O Arquiteto da Bola”.

Na fase de classificação do torneio o Santos liderou o grupo B jogando no quadrangular decisivo contra o Internacional em Porto Alegre e venceu por 2 a 1, depois derrotou o Palmeiras por 3 a 0 no Morumbi e decidiu o torneio contra o Vasco da Gama podendo ser campeão caso empatasse.

O arqueiro carioca Cláudio Mauriz, que sonhava em ganhar o Troféu Belfort Duarte, prêmio esse que era dado aos jogadores que durante a carreira nunca foram expulsos, foi injustamente expulso pelo árbitro Arnaldo César Coelho após ter discutido com o vascaíno Bianchini. Cláudio César de Aguiar Mauriz foi um dos grandes goleiros que o clube santista teve em sua centenária história jogou pelo clube nos períodos de 1965 a 1968 e depois em 1972 a 1973. Seu falecimento ocorreu em Nova York no dia 24 de junho de1979 aos 38 anos de idade.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística