Memória: Santos FC sagrava-se Campeão do Torneio Quadrangular de Buenos Aires

Memória: Santos FC sagrava-se Campeão do Torneio Quadrangular de Buenos Aires

No dia 12 de agosto de 1965 o Santos FC sagrava-se Campeão do Torneio Quadrangular de Buenos Aires (Copa Amistad) ao derrotar a equipe do River Plate pelo placar de 2 a 1 com gols de Coutinho e Dorval formando com Gilmar, Mauro (Joel Camargo) e Geraldino; Carlos Alberto, Orlando e Zito; Dorval (Toninho), Lima, Coutinho, Pelé e Abel (Pepe). O técnico era Luiz Alonso Perez, o Lula.

Na partida anterior do torneio o Peixe venceu a equipe do Boca Juniors pelo placar de 4 a 1 com gols de Pelé (2), Lima e Coutinho.
O detalhe importante que gerou inúmeros comentários da imprensa argentina é que a partida final seria entre o time santista e o Real Madrid que sem dar maiores explicações simplesmente decidiu voltar para a Espanha, recusando-se a enfrentar o Alvinegro da Vila, cedendo a taça do torneio ao Santos.

A delegação santista entendeu essa atitude dos madrilenhos como medo de enfrentar e perder feio para o onze praiano e ter o prestígio deles abalado pois a derrota dos espanhóis era tida como certa na Argentina devido a superioridade do futebol do esquadrão santista.

Segundo palavras do capitão Zito analisando a derrota sofrida no ano de 1959 “Eles só ganharam aquele jogo de 59 da gente e se arrepiaram depois. Mas não era um timaço como o Santos, que tinha um craque em cada posição” e Coutinho completou “Passamos a vida toda atrás deles e não deram a chance da desforra”. A partida a qual se refere o capitão Zito foi no dia 17/06/1959 na derrota santista pelo placar de 5 a 3 na cidade de Madrid no estádio Santiago Bernabeu com Coutinho, Pelé e Pepe marcando os gols santistas. Essa partida fez parte do primeiro giro internacional do Alvinegro em gramados europeus.

Curiosidade

O Santos já enfrentou o time merengue em três oportunidades sendo duas na Espanha e uma no Brasil tendo vencido uma e perdido duas partidas marcando 05 e sofrendo 7 gols. Os artilheiros santistas nos confrontos todos com um gol cada são: Pelé, Coutinho, Pepe, Jamelli e Camanducaia.
Dia 17 de junho de 1959 ( SFC 3 X Real Madrid 5), dia 20 de junho de 1996 (SFC 2 X Real Madrid 0) e a última partida no dia 05 de setembro de 2000 (SFC 0 X Real Madrid 2).

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística