Memória: Santos FC conquistava o Bicampeonato Paulista

No dia 19 de maio de 1968, o Santos FC conquistava com 04 rodadas de antecipação, o título de Bicampeão Paulista ao vencer no Parque Antártica pelo placar de 3 a 1 a equipe do Palmeiras com gols de Edu, Pele Toninho Guerreiro formando com Cláudio; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Joel Camargo e Rildo; Clodoaldo e Lima; Toninho, Douglas, Pelé e Edu. O técnico era Antônio Fernandes, o Antoninho.

Depois da conquista antecipada o Peixe enfrentou o América (1X3), o Comercial (5X0) e despediu-se vencendo o São Paulo por 3 a 1 na Vila Belmiro. Para sagrar-se Bicampeão o Peixe jogou 23 partidas vencendo 20 empatando 01 e perdendo 02 partidas marcando 62 e sofrendo 18 gols. Os artilheiros no certame foram: Pelé (16), Toninho Guerreiro (15), Douglas Franklin (8), Edu (7), Carlos Alberto Torres (6), Lima, Negreiros e Clodoaldo (2), Rildo e Kaneko (1) e marcaram contra a favor do Santos Severo e Fernando um gol cada.

Curiosidade:
Na década de 1960, o Alvinegro da Vila Belmiro teve duas formações clássicas que fizeram com o time fosse considerado pela imprensa mundial como a melhor equipe em todos os tempos, a primeira formação nos primeiros anos da década era formada por: Gilmar; Mauro, Lima, Calvet e Dalmo; Zito e Mengálvio, Dorval, Coutinho, Pelé e Pepe.

A segunda formação a já partir da segunda metade dessa década era composta por Cláudio; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Joel Camargo (Marçal) e Rido; Clodoaldo e Negreiros; e Rildo; Clodoaldo e Negreiros; Edu, Toninho Guerreiro, Pele Abel.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *