Memória: Pepe vestia a camisa do Santos FC pela última vez

Memória: Pepe vestia a camisa do Santos FC pela última vez

No dia 03 de maio de 1969, perante um público de 22.810 espectadores, o eterno Menino de Ouro do Santos FC, José Macia, o Pepe, dava adeus ao futebol ao se despedir do torcedor santista dando uma volta olímpica no gramado de Vila Belmiro antes da partida Santos FC e Palmeiras, e que foi vencida pelo time da capital por 1 a 0. Nessa mesma partida ocorreu a estreia do zagueiro Djalma Dias com a camisa santista.

Nesse dia histórico em que se despediu da torcida santista sem atuar o ponta-esquerda Pepe foi homenageado pela diretoria santista recebendo do presidente Athié Jorge Coury uma placa alusiva a sua passagem pelo clube no qual disputou 741 partidas e marcou 403 gols no período de 1954 a 1969 na equipe principal, os dizeres da placa “Muito obrigado do Santos, da torcida e de todos os esportistas do Brasil”. Nesse dia em que Pepe pendurou as chuteiras, o time praiano formou com: Cláudio; Carlos Alberto, Djalma Dias, Marçal e Rildo; Clodoaldo e Joel Camargo; Manoel Maria, Douglas (Abel), Pelé e Edu. O técnico era Antônio Fernandes, Antoninho.

Curiosidade

Pepe estreou no time santista no dia 23/05/1954 em partida válida pelo Torneio Rio-São Paulo diante do Fluminense que venceu por 2 a 1 no Estádio do Pacaembu com Vasconcelos marcando o tento de honra do Peixe que formou com: Barbosinha; Hélvio e Feijó; Urubatão, Formiga e Zito; Tite, Walter, Álvaro (Hugo), Vasconcelos e Del Vechio (Boca, depois Pepe). O técnico era Giuseppe Ottina. Antes dessa partida no time principal Pepe jogou no time misto na Vila Belmiro na vitória por 4 a 1 diante do Amparo no dia 09/12/1953 com gols de Ayala, Maneca e dois gols do garoto Pepe.

Guilherme Guarche. – Coordenador do Centro de Memória e Estatística