Memória: Pepe, nosso Ídolo Eterno, vestia a camisa do Santos FC pela última vez

Memória: Pepe, nosso Ídolo Eterno, vestia a camisa do Santos FC pela última vez

No dia 19 de março de 1969, José Macia, o sempre querido amigo Pepe, vestia pela última vez a camisa do time que tanto ama e muito honrou. Foi na vitória diante do América de São José do Rio Preto pelo placar de 2 a 1 com dois gols de Edu formando o Peixe com: Laércio; Carlos Alberto,Ramos Delgado, Marçal e Rildo; Lima e Negreiros (Oberdan); Manoel Maria, Douglas (Pepe),Pelé e Edu. O técnico era Antônio Fernandes, o Antoninho. Nesse jogo de despedida do “Canhão da Vila”, que era válido pelo Campeonato Paulista, o técnico do time adversário era Wilson Francisco Alves, o Capão que jogara com Pepe na equipe santista que foi campeã paulista no ano de 1955.

Pelé e Pepe

Curiosidade:

Pepe, na inesquecível conquista do Paulista de 1955, não era o titular da ponta-esquerda, embora tenha jogado várias partidas no certame, o titular era Tite. Só que na partida final diante do Taubaté, o técnico Lula colocou Pepe na esquerda e passou Tite para à direita para felicidade da torcida santista que viu o “Menino de Ouro” marcar o segundo gol do Peixe que deu a vitória e o título ao Alvinegro Mais Famoso do Mundo.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística