Memória: Pelé assumia o cargo Diretor de Relações Internacionais do Santos FC

Memória: Pelé assumia o cargo Diretor de Relações Internacionais do Santos FC

No dia 08 de janeiro de 1994, o eterno Rei Pelé virava um “cartola” ao assumir nessa data, o cargo de Diretor de Relações Internacionais do Santos FC, na então gestão do presidente Miguel Kodja Neto. Durante esse mandato, o Rei do Futebol se afastou do Clube retornando depois na gestão do presidente Samir Abdul-Hack, que assumiu a presidência com a renúncia do presidente Miguel Kodja.

O Rei Pelé voltou como “cartola” no mesmo cargo e assumiu também a condição de Coordenador das equipes de base do Peixe. Nessa época o eterno Rei foi Ministro dos Esportes na gestão do presidente Fernando Henrique Cardoso. Como responsável pelo futebol de base, o Atleta do Século foi o responsável pelo surgimento de dois dos melhores jogadores que o Alvinegro revelou em sua categoria de base: Robinho e Diego para orgulho do Rei que sempre cita os dois como frutos de seu trabalho na base santista.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística