Memória: Pagão marcava o gol 4 mil na história do Clube

No dia 26 de maio de 1957, o Santos FC empatava em 2 a 2 com a equipe do Fluminense no Estádio Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu em partida do Torneio Roberto Gomes Pedrosa com gols de Pagão e Álvaro formando o Peixe com: Manga; Getúlio e Mourão; Fiote, Brauner e Urubatão (Zito); Dorval (Tite), Álvaro (Jair Rosa Pinto), Pagão, Pelé e Tite (Pepe). O técnico era Luiz Alonso Perez, o Lula.

Esse jogo entra para a história do Peixe pois ocorreu a marcação do gol nº 4.000 santista e foi de autoria de Paulo César de Carvalho, o Pagão.

Curiosidade

Pagão jogou pelo Santos FC 345 partidas e marcou 159 gols. É considerado pelos torcedores da Velha Guarda do Peixe com um dos melhores jogadores que vestiram a camisa Alvinegra.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *