Memória: Nascia Ramos Delgado, um dos grandes zagueiros da história do Peixe

Memória: Nascia Ramos Delgado, um dos grandes zagueiros da história do Peixe

No dia 26 de agosto de 1935, nascia na cidade de Quilmes, na Argentina, José Manuel Ramos Delgado, o inesquecível zagueiro Ramos Delgado. O “gringo” jogou pelo Santos FC 323 partidas e marcou um gol com a camisa do Peixe. Ramos Delgado foi durante muitos anos o capitão da Seleção Argentina, quando chegou à Vila Belmiro já era um atleta experiente com 32 anos e veio com a missão de substituir o craque Orlando Peçanha e o lendário Mauro Ramos de Oliveira.

O craque argentino que era conhecido em seu país natal pelo apelido de “El Negro” era um jogador extremamente inteligente, que se posicionava como poucos dentro da grande área e ainda tinha um espírito de liderança tão comum entre os jogadores argentinos. Ele jogou no Santos no período de 1967 a 1972. O único gol que marcou pelo Alvinegro foi no dia 26 de maio de 1970, em San Salvador na América Central na vitória santista por 2 a 1 diante do Allianza de El Salvador com Delgado marcado o primeiro gol de pênalti e Douglas o segundo tento na partida que foi suspensa no segundo tempo devido as fortes chuvas, nessa vitória o time comandado por Antoninho formou com: Joel Mendes; Turcão, Ramos Delgado, Djalma Dias e Rildo; Lima e Léo Oliveira; Davi, Picolé, Douglas e Abel (Ibrahim).

No Santos FC o excelente zagueiro conquistou os seguintes títulos mais importantes: Campeão Paulista (196/68/69), Campeão Brasileiro (1968), Campeão da Recopa Sulamericana e Recopa Mundial (1968). Ramos Delgado, o melhor beque-central, ao lado de Mauro Ramos de Oliveira, que o time santista já teve em sua história. Faleceu em La Plata, na Argentina no dia 03/12/2010.

Curiosidade

Ramos Delgado, um zagueiro clássico que, além de ter sido técnico do time principal santista, foi treinador das equipes amadores na gestão do presidente Samir Abdul Hack e é lembrado até hoje pelo ex-jogador de praia Carlos Alberto Mano Prieto “Gigi”, do site “Gigi na Rede” que afirma ter ter dado uma “caneta” no argentino numa partida na praia do Gonzaga quando jogou pelo Náutico junto com o ex-técnico Menotti contra a equipe do Caravelas.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística