Memória: Lula comandava, pela primeira vez, a equipe titular do Santos FC

Memória: Lula comandava, pela primeira vez, a equipe titular do Santos FC

No dia 03 de junho de 1952, Luiz Alonso Perez ou Lula como era carinhosamente conhecido por todos os amigos, dirigia pela primeira vez a equipe titular do Santos FC de maneira interina substituindo o técnico Aymoré Moreira que estava servindo a Seleção Paulista. Esta partida foi diante do São Paulo e foi vencida pelo Peixe pelo placar de 1 a 0 com Alemão marcando o tento solitário na partida amistosa que foi disputada no Estádio Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu. Lula mandou a campo a seguinte equipe: Luis; Olavo (Diogo) e Expedito; Nenê, Formiga e Pascoal; Cento e nove (Hugo), Dedeco, Alemão, Nicácio e Canhoto (Chiquinho).

Como destaque vale ressaltar que o técnico do então “Tricolor do Canindé” era Vicente Feola que foi campeão mundial pelo Brasil na Copa do Mundo de 1958 na Suécia. Além dessa estreia como treinador interino, Lula dirigiu mais uma partida também contra o mesmo São Paulo na Vila Belmiro e desta feita o vencedor foi o time da capital pelo placar de 2 a 0.

Antes de assumir em definitivo como técnico do Peixe, Lula ficou como treinador auxiliar de Aymoré Moreira e dirigia também a equipe amadora do Alvinegro. A volta em definitivo ao cargo de técnico santista que antes era ocupado por Giuseppe Ottina aconteceu no dia 05 de junho de 1954 na vitória pelo placar de 3 a 2 diante do Botafogo carioca no Estádio do Maracanã no Torneio Roberto Gomes Pedrosa também conhecido como Torneio Rio-São Paulo que viu o Peixe vencer com a seguinte formação: Manga; Hélvio e Feijó; Urubatão, Formiga e Zito; Joel, Walter, Álvaro, Vasconcelos (Hugo) e Tite, os tentos do Alvinegro foram marcados por Tite (2) e Joel.

Durante o período em que atuou como técnico efetivo do Santos FC de 1954 a 1966, Lula dirigiu o time em 945 partidas tendo vencido 619 empatado 1444 e perdido 182 partidas com o time marcando 2858 e sofrendo 1447 gols. É técnico que mais vezes dirigiu o time praiano em sua secular história e é também o que mais títulos ganhou a frente do Peixe:
02 Mundiais interclubes (1962/63) – 02 Libertadores da América (1962/93), Campeonatos Brasileiros (1961 a 1965), Torneios Rio-São Paulo (1959/63/64 e 1966), Campeonatos Paulistas (1955/56/58/60/61/62/64 e 65).

A última vez em que atuou como técnico do Alvinegro foi no dia 19/12/1966 pelo Campeonato Paulista na Vila Belmiro na vitória diante da Prudentina pelo placar de 3 a 0 com 03 gols de Toninho Guerreiro com a seguinte formação: Cláudio; Zé Carlos, Modesto e Geraldino; Lima e Orlando; Amauri, Joel Camargo, Toninho, Dorval e Abel. Em seu lugar assumiu no início do ano seguinte, Antônio Fernandes, o Antoninho.

Curiosidade

Lula foi nomeado como subdiretor de futebol amador no dia 23/01/1949 o seu primeiro contrato para dirigir as equipes amadoras ocorreu no dia 13/05/1952. Antes de chegar a Vila Belmiro, já havia trabalhado como técnico das equipes do Palmeiras (time amador de Santos), Portuguesa Santista e Americana, época em que trabalhava como distribuidor de leite na cidade de Santos. Lula faleceu no dia 15 de junho de 1972.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística