Memória: Falecia Urbano Caldeira, um dos patronos do Santos FC

Memória: Falecia Urbano Caldeira, um dos patronos do Santos FC

No dia 13 de março de 1933 falecia na vizinha São Vicente, Urbano Villela Caldeira Filho, aos 42 anos de idade. Catarinense nascido em Florianópolis em 16 de setembro de 1890. Filou-se ao Santos FC no início do ano de 1913 e ao clube dedicou-se integralmente durante toda sua existência ocupando vários cargos na diretoria do Peixe.

Urbano Caldeira também denominado de Gigante da Vila Belmiro é ao lado de Modesto Roma um dos patronos do clube. Em reconhecimento ao seu trabalho e dedicação ao Alvinegro seu nome foi dado a praça de esporte do clube que tanto amou em sua vida.

Uma prova de seu interesse e amor ao Santos foi quando certa madrugada ao passar defronte a uma padaria no Largo do Rosário no centro histórico de Santos viu alguns jogadores jogando dominó em uma mesa do estabelecimento, no dia seguinte comunicou por escrito o fato ao então presidente Agnello Cícero de Oliveira que só puniu os atletas pois não havia vestígios de bebidas alcoólicas na mesa. Urbano Caldeira faleceu em sua residência na rua João Ramalho nº 2 às 20h15 vitimado por uma pneumonia, a qual contraiu no Carnaval passado na cidade do Rio de Janeiro.

Alguns associados do clube ainda trazem na memória as palmeiras que existiam ao lado do antigo portão de entrada da Vila, todas elas plantadas por Urbano em 1928. Por diversas vezes era possível encontrá-lo trabalhando no campo da Vila Belmiro, ora plantando, ora capinando a relva molhada pelo sereno noturno, junto aos carneiros que substituíam as máquinas de cortar grama.

Curiosidade

Urbano Caldeira era um zagueiro vigoroso que antes de chegar ao Santos jogava em clubes por ele fundado em São Paulo, no Peixe jogou no período de 1913 a 1918 marcando 02 gols. Era ele que como diretor-geral de esportes orientava e treinava o primeiro quadro do Santos Futebol Clube durante a fase em que ainda não existia a figura do treinador como ocorre hoje.

Guilherme Guarche- Coordenador do Centro de Memória e Estatística