Memória: Em 1945, Athié Jorge Coury tomava posse como presidente do Santos FC

Memória: Em 1945, Athié Jorge Coury tomava posse como presidente do Santos FC

No dia 27 de fevereiro de 1945, Athié Jorge Coury tomava posse como presidente do Santos FC tendo como vices: Acácio de Paula Leite Sampaio, Ulisses Guimarães, Sílvio Fortunato, Armando Erbisti e Rubens Ferreira Martins. Athié permaneceu no cargo maior do clube até o dia 23 de janeiro de 1971 sem interrupção. Anteriormente o presidente do Peixe era Antônio Feliciano e depois quem o sucedeu foi Vasco José Faé.

Foi durante os anos em que exerceu o mandato de presidente que o clube conquistou suas maiores glórias esportivas e também patrimoniais. No ano de 1932 durante a Revolução Constituinte ele foi um dos defensores do Estado de São Paulo combatendo contra as tropas federais que invadiram o estado paulista. Além de ter sido um dos melhores corretores de café de nossa cidade foi também vereador, deputado estadual e deputado federal em diversas oportunidades.

Desde 1945 até 1971 o time do Alvinegro mais famoso do mundo jogou 1696 partidas oficiais e amistosas tendo vencido 1042 empatado 291 e perdido 363 partidas marcando 4665 e sofrendo 2567. O primeiro título conquistado por ele como presidente foi a Taça Cidade de Santos, no dia 18/04/1948 e o último foi a Taça Cidade de São Paulo no dia 24 de abril de 1970.

Curiosidade:

Athié antes de exercer a presidência foi goleiro do time principal do Alvinegro substituindo Tuffy (O Satanás Negro) e sua primeira partida foi no dia 09 de outubro de 1927 na Vila Belmiro em jogo amistoso vencido pelo Santos pelo placar de 9 a 0 diante do Corinthians de Santo André. Sua última apresentação na meta santista foi no dia 15 de abril de 1934 na derrota perante o Palestra Itália por 3 a 0 pelo Campeonato Paulista também na Vila Belmiro, em seu lugar entrou Ciro Maciel Portieri (O Gato Preto).

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística