Memória Carnaval: Música do Bloco das Havaianas inspirou Hino Oficial do Santos FC

Memória Carnaval: Música do Bloco das Havaianas inspirou Hino Oficial do Santos FC

O Bloco das Havaianas da Vila Belmiro foi organizado pelos jogadores, diretores e associados do Santos FC no ano de 1955. A intenção dos organizadores era transmitir ao público em geral momentos de descontração e alegria. Valter Vasconcelos era um dos mais animados foliões do grupo carnavalesco santista e foi ele quem mandar confeccionar as fantasias do bloco em papel crepom.

Alguns dos componentes preferiram sair às ruas, vestidos com trajes bem diferentes, cada um a seu modo fantasiou-se com muita originalidade, eram trajes femininos, eram farrapos, eram fantasias de nenês e muitas outras invenções típicas de um grupo bem entrosado e alegre disposto a curtir numa boa o tríduo momístico.

O Bloco das Havaianas naquele único ano em que foi às ruas desfilou na avenida da praia e foi bem ovacionado pelo público presente no desfile. O responsável pelo caminhão do chopp que abastecia a turma era como não poderia deixar de ser o craque Vasconcelos, que fazia às vezes de garçom, ele servia um e tomava dois.

O povo aplaudiu e divertiu-se bastante com o Elesbão vestido de bebê gigante, tomando mamadeira com uísque, dentro de um enorme carrinho de criança, sendo empurrado pelo ponta Alfredinho, vestido de noiva. Tudo com muito respeito e admiração. A música do Bloco das Havaianas da Vila Belmiro serviu de inspiração ao Carlinhos Roma para compor o hino oficial do Santos no ano de 1957. Abaixo alguns dos foliões-patuscos integrantes do bloco:

Tite – O lorde cantor – Hélvio Piteira – Vasconcelos – Alfredinho – Elesbão – Waldemar – o lorde Martelo – Cássio Nogueira – Bereco – Carlinhos Roma – Salu da bandinha – Chico Formiga – Urubatão – Zito – o lorde capitão.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística