Investigação sobre urnas suspeitas da eleição avança; José Carlos Peres e Andres Rueda são chamados para depoimentos nesta quinta

Investigação sobre urnas suspeitas da eleição avança; José Carlos Peres e Andres Rueda são chamados para depoimentos nesta quinta

O Presidente eleito do Santos Futebol Clube, José Carlos Peres, e o segundo colocado nas últimas eleições presidenciais e membro do atual Comitê de Gestão do Peixe, Andres Rueda, serão ouvidos nesta quinta-feira (22), às 10h30, pelo 2º Distrito Policial da cidade de Santos, em decorrência da grande suspeita de fraude nas urnas 10 de Santos e 5 de São Paulo, no pleito de 9 de dezembro de 2017.

Mais de três mil pessoas se associaram ao Santos Futebol Clube entre julho e novembro de 2016, últimos meses do prazo para poder votar nas eleições presidenciais do clube do ano seguinte. A situação foi alvo de denúncia pela imprensa antes do pleito ser realizado, o que motivou a adoção de medidas preventivas por parte dos então candidatos de oposição José Carlos Peres, Andres Rueda e Nabil Khaznadar, incluindo solicitação de extensa investigação por parte do Ministério Público, que culminou na investigação em andamento.

A exposição pública da situação foi fundamental para expurgar os votos suspeitos, contribuindo para que a vontade dos santistas fosse efetivamente respeitada. Até estrangeiros que sequer falavam o português apareceram para votar e, quando indagados sobre o processo eleitoral, apenas indicavam a orientação que tinham recebido para seus votos.

A apuração das urnas deixou evidente a grande diferença de votos para um candidato nas urnas em que votaram os associados que se associaram no fim do prazo cabível e, portanto, com menor tempo de contribuição. O grande número de votos destas duas urnas com relação às demais reforçou a suspeita de que nelas poderiam ter ocorrido algum tipo de fraude, como apontavam três dos quatro candidatos antes do dia 9 de dezembro.

Embora a suspeita ação não tenha sido suficiente para interferir no resultado das eleições, as investigações continuaram e, agora, demonstram que vão alcançar os responsáveis por tentar ludibriar os santistas. “Minha vitória nas urnas, de forma democrática, deixou evidente que o torcedor clamava por mais transparência. Deixou evidente que o verdadeiro santista não aguentava mais ver o clube como estava. E, eleitos, estamos promovendo no clube uma grande limpeza. É claro que isso incomoda e preocupa muitas pessoas. Por isso, uma de minhas grandes missões no Santos é garantir que todos os nossos passos sejam claros, responsáveis, de conhecimento público”, enfatizou Peres.