Ídolos do Santos FC falam sobre Ricardo Oliveira e Lucas Lima na Seleção

Ídolos do Santos FC falam sobre Ricardo Oliveira e Lucas Lima na Seleção

Passado e presente, no Santos FC, com muitas glórias. Dois eternos craques do Peixe, e também da Seleção Brasileira, falam sobre a possibilidade de Lucas Lima e Ricardo Oliveira entrarem como titulares nesta terça-feira (13) contra a Venezuela, às 22h, em Fortaleza. Clodoaldo e Serginho Chulapa destacam as características da dupla, e, também, estão na torcida pelos jogadores do Alvinegro Praiano.

Clodoaldo, um dos maiores meio-campistas do futebol mundial, destacou a qualidade e o senso de organização do armador do Peixe. “É uma grande oportunidade que Lucas Lima terá, caso comece jogando como titular. Também é uma oportunidade para a Seleção, e para o Dunga, ter um jogador como o Lucas. Muita qualidade. Com certeza ele dará uma excelência de qualidade. Vou torcer  para que ele jogue o seu futebol, um futebol de organização, um jogador agressivo, que está sempre dentro do campo adversário.  Isso vai ser muito benéfico para o futebol do Brasil.”, afirmou Corró.

Para o ex-volante do Santos, não surpreende ver Lucas Lima na Seleção. Ele já esteve 18 dias ao lado da comissão técnica brasileira e viu a admiração de Dunga pelo santista.”Lucas Lima estava sendo observado já, e percebi que o Dunga tinha uma admiração muito grande pelo meia.”

Lucas Lima não tem apenas a admiração de Clodoaldo como atletas, mas também como amigo. São “parceiros” de acordo com o eterno craque. “Manter a tranquilidade e jogar o que ele sabe. Chamar a responsabilidade, desenvolver tudo que sabe. O Lucas é um jogador diferenciado. Ele tem uma qualidade de organização muito grande. Uma saída de bola surpreendente, muita criatividade, sempre  próximo ao gol. Torço muito por ele. Admiração como jogador, amigo e pessoa. Ele me chama de parceiro e fico muito feliz”, diz o campeão mundial de 1970, aproveitando para dar dicas ao armador do Peixe.

Serginho Chulapa, um dos maiores goleadores do Santos, e centroavante na Copa do Mundo de 1982, acha que Ricardo Oliveira já deveria ter sido titular na derrota por 2 a 0 contra o Chile. O veterano santista acredita que com Ricardo em campo as coisas podem ficar mais fáceis. “Eu já esperava ele no outro jogo, contra o Chile. Entrou bem. Se ele entrar jogando, as coisas ficam mais fáceis, é um centroavante  de ofício. Artilheiro do Paulista, Brasileiro, tomara que jogue. Desejo boa sorte para ele.”

“Ele tem uma característica importante que é a velocidade também. É um finalizador. É um centroavante que não pára. Se Deus quiser, ele entrando, vai fazer um gol”, disse Chulapa.