Gabriel, Menino da Vila, Santista e Cruel comemora aniversário

Gabriel, Menino da Vila, Santista e Cruel comemora aniversário

(Foto: Ivan Storti/Santos FC)

No dia 30 de agosto de 1996, nascia na cidade de São Bernardo do Campo/SP, um jovem predestinado a vencer no futebol e principalmente jogando no time do Santos Futebol Clube, o jovem e talentoso Gabriel Barbosa Almeida, que no início de carreira nas categorias de base do Peixe era chamado de Gabigol. O habilidoso e destemido goleador, marcou neste ano, exatos 13 gols com a camisa do Peixe, seu time de coração desde criança quando então deu preferência pelo time santista ao trocar o São Paulo, clube que treinava, pelo Alvinegro mais famoso do mundo.

Em toda sua carreira, o craque marcou 57 gols em 157 partidas jogadas pelo seu time de coração. A estreia do novato goleador da Vila Belmiro se deu no dia 16/01/2013 quando tinha exatos 16 anos, 04 meses e 17 dias, nessa estreia diante do Grêmio Barueri em partida amistosa que foi vencida pelo Alvinegro pelo placar de 4 a 0, com gols de Neymar, Galhardo, Miralles e Bill, no Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu na capital bandeirante. Nessa partida o Santos FC então comandado pelo técnico Muricy Ramalho formou com: Rafael (Aranha/Vladimir); Neto (Jubal), Guilherme Santos (Paulo Henrique/Émerson), Galhardo (Bruno Peres) e Durval (Gustavo Henrique); Renê Júnior (Adriano), Cícero (Patito Rodriguez), André (Victor Andrade/Gabriel); Montillo (Miralles) e Neymar (Bill). Esse foi o jogo de nº 5640 na centenária história do time da Vila mais famosa do mundo.

No Peixe o jovem conquistou os seguintes títulos: Campeão Paulista Sub-13 (2008) – Campeão Paulista Sub-15 (2009) – Campeão Brasileiro Sub-17 (2010) e Bicampeão Paulista na equipe principal (2015-2016).
Pela Seleção Olímpica Brasileira, conquistou ao lado de Zeca e Thiago Maia, a tão sonhada medalha de ouro para o Brasil, e certamente, entrou para a história do futebol brasileiro.

Parabéns, Gabriel é o que todos do clube te desejam não só na data de hoje como em todos os dias de sua vida na longa e vitoriosa carreira.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística