Gabriel brilha de novo e Santos FC vence São Paulo por 1 a 0 no Morumbi

Gabriel brilha de novo e Santos FC vence São Paulo por 1 a 0 no Morumbi

Desde quando subiu ao time profissional, em 2013, Gabriel sempre demonstrou que tinha estrela, principalmente em clássicos, afinal, ele já tinha marcado 11 gols contra o ‘Trio de Ferro’. E neste domingo (18), no Morumbi, o camisa 10 manteve a escrita, anotando o tento da vitória por 1 a 0 do Santos FC sobre o São Paulo, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. Foi a terceira vez que o Menino da Vila marcou diante do tricolor.

Com o triunfo, o Peixe chegou aos 14 pontos e manteve-se na primeira colocação do grupo D no torneio nacional. Agora, os comandados de Jair Ventura recebem o Santo André, às 19h30 do próximo domingo, na Vila Belmiro.

O jogo – O clássico começou movimentado no Morumbi, com as duas equipes buscando o ataque. Aos 8 minutos, Copete lançou para Gabriel pelo lado esquerdo. Porém, antes do camisa 10 chegar, a zaga do rival afastou o perigo.

No restante da primeira etapa. o Santos FC recuou e apostou no contra-ataque. O tricolor, por sua vez, até chegou a assustar o goleiro Vanderlei em algumas oportunidades, mas o duelo foi para o intervalo empatado em 0 a 0.

Na segunda etapa, o Alvinegro Praiano foi fatal. Enquanto o São Paulo se lançava ao ataque, o Peixe aproveitou contra-ataque para abrir o placar. Aos 8 minutos, Daniel Guedes lançou pelo lado direito para Eduardo Sasha, que rolou para Gabriel dentro da área. Matador, o camisa 10 dominou e mandou no cantinho de Sidão para fazer 1 a 0 em pleno Morumbi.

Com a vantagem no marcador, a equipe comandada por Jair Ventura passou a segurar o ímpeto do rival e administrar a vitória.

(Fotos: Ivan Storti/Santos FC)

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 0 X 1 SANTOS FC

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 18 de fevereiro de 2018, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Alex Ang Ribeiro
Público: 36.118
Renda: R$ 952.804,00
Cartões amarelos: SÃO PAULO: Petros, Reinaldo e Éder Militão. SANTOS: Gabriel, Alison.

GOLS:
SANTOS: Gabriel, aos 8 do 2T;

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Jucilei, Petros, Nenê e Cueva (Brenner); Marcos Guilherme (Valdívia) e Diego Souza (Tréllez).
Técnico: Dorival Júnior

SANTOS: Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Jean Mota; Alison, Renato (Léo Cittadini) e Vecchio; Copete (Guilherme Nunes), Eduardo Sasha (Arthur Gomes) e Gabigol.
Técnico: Jair Ventura