Fora de casa, Sub-20 perde para São Paulo no Campeonato Paulista

Fora de casa, Sub-20 perde para São Paulo no Campeonato Paulista

O Santos FC não somou pontos na segunda rodada do Campeonato Paulista Sub-20. Na tarde deste sábado (13), em Cotia, o Peixe perdeu para o São Paulo por 3 a 1. O único gol santista foi marcado pelo atacante Danilo. Com este resultado, o Alvinegro Praiano segue com três pontos na quarta colocação do Grupo 04.

Os gols do clássico saíram somente na segunda etapa. Aos oito minutos o Peixe abriu o marcador com um belo gol do atacante Danilo. Após ataque pela esquerda, Danilo recebeu de Nicolas, passou a bola entre as pernas do zagueiro e bateu na saída do goleiro. Porém, o Peixe foi surpreendido pelo rival e sofreu os gols de Leonardo, aos 15 minutos, Caique, 26, e Heron, aos 30.

Após a partida, o técnico Aarão Alves lamentou placar sofrido. “Foi um jogo bem pegado. Nossa equipe saiu na frente, mas sofreu um gol de pênalti logo na sequência. Tivemos alguns problemas com a arbitragem. Tentamos retomar à frente do placar, mas sofremos infelizmente sofremos a virada. Agora vamos tralhar duro na semana para voltar a somar pontos”.

Pela terceira rodada, os Meninos da Vila entram em campo no próximo sábado (20) diante do Santo André. A partida será realizada no Estádio Bruno José Daniel, às 15 horas, em Santo André. A entrada é franca.

São Paulo 3 x 1 Santos FC
Local: CT Laudo Natel, às 15 horas, em Cotia;
Árbitro: Ricardo Bittencourt da Silva;
Auxiliares: Haislan Alves de Morais e Felipe Camargo Moraes;
Cartões amarelos: Wagner Leonardo, Giovane, Vitor Mendes (SFC); Léo Natel, Tom, Pedro e Luizão (SP)
Gols: Danilo, aos 8 do 2ºT (SFC); Leonardo, aos 15 do 2ºT, Caique, aos 26 do 2ºT, e 30 do 2ºT (SP).

Santos FC: Fernando Castro; Lucas, Wagner Leonardo, Matheus Guedes e Giovane (Anderson Santos); Vitor Mendes (Gabriel Casanova), Guilherme Nunes e Alessandro; Marquinhos Tu (Richard Luca), Danilo (Bruno Pelegrini) e Nicolas (Bruno Moreira). Técnico: Aarão Alves.

São Paulo: Lucas Paes; Belão (Rodrigo), Rony, Neves e Tom; Pedro (Vinícius), Luizão, Frizzo (Geovane); Caíque (Paulo Genova), Bissoli (Heron) e Léo Natel (Paulo Henrique). Técnico: André Jardine.