Fora de casa, Santos FC perde para o Palmeiras no Paulista Sub-20

Fora de casa, Santos FC perde para o Palmeiras no Paulista Sub-20

Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC

O Santos FC não somou pontos na 13ª rodada do Campeonato Paulista Sub-20. Na tarde desta quarta-feira, em Guarulhos, o Peixe perdeu para o Palmeiras por 3 a 1. Com este resultado, o Alvinegro Praiano segue com 18 pontos na quarta colocação do Grupo 04.

A equipe palmeirense surpreendeu o Peixe logo nos primeiros minutos. Com Johhny e Laerte, os mandantes abriram 2 a 0 já com sete minutos de partida. Sem se entregar, os Meninos da Vila buscaram o ataque e conseguiram diminuir o placar quatro minutos depois. Após ataque pela esquerda, a bola foi mal afastada pela defesa adversária, e, bem posicionado, Natan bateu de primeira para estufar a rede.

Apesar de buscar o empate ainda na primeira etapa, o time santista sofreu mais um gol aos 41 minutos, do meia Matheus Iacovelli. No segundo tempo, o Peixe quase marcou com Sabino, de falta, e Natan, de pênalti, porém, ambas as cobranças foram desperdiçadas.

De volta aos treinamentos na tarde desta quinta-feira, o elenco treinado pelo técnico Marcos Soares se prepara para o embate da 14ª rodada diante do Santo André. A partida será realizada neste sábado (20), às 15 horas, no CT Rei Pelé. A entrada é franca.

Santos FC 1 x 3 Palmeiras
Estádio: CT II do Palmeiras, às 15 horas;
Árbitro: João Vitor Gobi;
Auxiliares: Eduardo Vequi Marciano e Robson Ferreira Oliveira;
Cartões amarelos: Giovane, Matheus Oliveira e Patrick; Augusto, Jhonny, Matheus Iacovelli, Daniel Fuzato e Murilo Cadina (SEP);
Gols: Natan, aos 11 min do 1ºT (SFC); Jhonny, aos 2 min do 1º T, Laerte, aos 7 min do 1ºT, e Matheus Iacovelli aos 41 min do 1ºT (SEP).

Santos FC: John Victor; Igor (Emerson), Bruno Leonardo (Alessandro), Sabino e Patrick; Gustavo, Guilherme Nunes, Matheus Oliveira e Giovane (Arlindo); Natan e Arthur Gomes. Técnico: Marcos Soares.

Palmeiras: Daniel Fuzato; Murilo Cadina, Augusto (Renan), Estigarribia e Hurick; Johnny, Gionnotti, Daniel e Matheus Iacovelli (Bruno Garcia); Laerte e Artur (José Aldo). Técnico: João Burse.