Experiente, Preto valoriza grupo jovem do Santos B: “passo experiência e aprendo com eles no dia a dia”

Experiente, Preto valoriza grupo jovem do Santos B: “passo experiência e aprendo com eles no dia a dia”

Historicamente o Santos FC é conhecido por formar equipes jovens, mesclando com alguns atletas experientes. Seguindo o DNA do Peixe, a equipe B do Clube tem alguns jogadores mais rodados em seu elenco. Um deles é o goleiro Preto, de 31 anos, titular desde a vitória por 2 a 0, sobre a Portuguesa Santista, pela 7ª rodada da Copa Paulista 2017.

“Estou vivendo meu melhor momento no Santos FC, com uma boa sequência de jogos e isso é importantíssimo para o goleiro. Acredito que estou fazendo boas partidas. Muitos não conheciam meu trabalho quando cheguei e eu sabia que a cobrança iria existir, ainda mais por se tratar de um Clube grande como o Santos FC. Mas estava preparado para isso e no dia a dia fui mostrando meu trabalho. Temos um grupo jovem então tento passar o máximo do que já vivi no futebol para eles. Mas também aprendo muito com todos aqui”, destacou o goleiro, que é o jogador mais experiente do grupo.

Na visão do preparador de goleiros do Santos B, Antônio Barbirotto, ter um jogador experiente e que transmite confiança aos demais jogadores da equipe é fundamental para o crescimento coletivo da equipe e individual dos demais atletas que formam a categoria: “Estamos em um momento decisivo na primeira fase da Copa Paulista, enfrentando adversários com uma bagagem muito grande, jogadores experientes, rodados e de uma certa idade. Por isso, essa experiencia que o Preto passa, principalmente lá atrás, dando tranquilidade para os seus companheiros é importante e necessário, sobretudo na função de goleiro, onde a experiencia ajuda para superar toda a pressão e dificuldade que possamos encontrar”.

Focado nos dois próximos compromissos do Santos B na Copa Paulista, contra o Juventus, fora de casa e a Portuguesa Santista, na Vila Belmiro, Preto acredita que o time tem totais condições de confirmar uma vaga entre os quatro primeiros do Grupo 3 e conquistar a classificação para a próxima fase da competição estadual. “Temos que encarar esses dos jogos como duas decisões. Dependemos apenas das nossas forças para nos classificarmos, então temos que entrar focados já no próximo jogo para irmos mais tranquilos ou já classificados para a última rodada”. O Santos B está em quarto lugar, com 18 pontos, um a menos que o Água Santa, terceiro colocado e um a mais que Nacional, quinto colocado.

(Foto: Ivan Storti)