Em Sorocaba, Santos FC vence São Bento e assume a liderança do Grupo D

Em Sorocaba, Santos FC vence São Bento e assume a liderança do Grupo D

(Fotos: Ivan Storti/Santos FC)

O Santos FC assumiu a liderança do Grupo D no Campeonato Paulista após a vitória, por 2 a 0, contra o São Bento, na noite desta quarta-feira (22), em Sorocaba. Os gols do Peixe foram marcados na segunda etapa, pelos meias Vitor Bueno e Lucas Lima.

O jogo

Absoluto desde o primeiro tempo, o Santos FC criou as melhores oportunidades e teve o domínio do jogo, mas não conseguiu abrir o placar na primeira etapa, apesar das tentativas de fora da área do atacante Bruno Henrique e do meia Lucas Lima.

Com o início da etapa complementar, o Peixe manteve o controle do jogo, aliando com a efetividade no ataque. Tanto que aos cinco minutos abriu o placar com Vitor Bueno, que aproveitou bela jogada individual de Lucas Lima para bater firme e marcar.

Aos 13 minutos, foi a vez de Lucas Lima, acostumado a dar assistências, receber o presente. Kayke se livrou da marcação pela esquerda e deixou o camisa 10 santista na cara do gol. Lima ainda driblou o goleiro Rodrigo antes de ampliar o marcador.

Bruno Henrique poderia ter marcado o terceiro aos 16. Mas foi parado com falta pelo lateral direito Bebeto, que foi expulso.

Com o campo pesado, o Peixe administrou o placar durante a parte final do segundo tempo e assegurou, com tranquilidade, mais três pontos na competição.

Agora, o próximo desafio santista será no sábado (25), às 15h, contra o Santo André, no ABC paulista. Dependendo da combinação de resultados, o Peixe pode, inclusive, garantir sua classificação à próxima fase do Paulistão nesta partida.

FICHA TÉCNICA
SÃO BENTO 0 X 2 SANTOS

Local: Estádio Municipal Walter Ribeiro, em Jorocaba (SP)
Data: 22 de março de 2017, quarta-feira, às 19h30
Gols: Vitor Bueno e Lucas Lima, aos 5 e 13 minutos do segundo tempo, respectivamente.

Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Eduardo Vequi Marciano

SÃO BENTO: Rodrigo Viana; Bebeto, Pitty, Gabriel Santos e Régis Souza; Fábio Bahia, Itaqui, Renan Mota, Morais e Giovanni (Guilherme Queirós); Ricardo Bueno (Lucas Mendes).
Técnico: Paulo Roberto Santos

SANTOS: Vladimir; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Renato (Rafael Longuine), Thiago Maia e Lucas Lima; Bruno Henrique (Arthur Gomes), Vitor Bueno (Vladmir Hernandez) e Kayke.
Técnico: Dorival Júnior

(Texto: Ranier Grandé)