Em entrevista coletiva, Victor Ferraz e Yuri enaltecem elenco e Yan mira espaço no time principal

Em entrevista coletiva, Victor Ferraz e Yuri enaltecem elenco e Yan mira espaço no time principal

Foto: Ivan Storti/SantosFC

Assim como todo o elenco santista, o lateral Victor Ferraz e os irmãos Yuri e Yan treinam intensamente nesta pré-temporada. Empolgados com o ano que se inicia, os atletas elogiaram o plantel de Dorival Júnior e revelaram seus objetivos para 2017.

Titular desde 2015, Victor Ferraz já soma 124 jogos e três gols com a camisa do Peixe. Empenhado neste início da temporada, o lateral ressaltou a boa qualidade do elenco santista para disputar grandes competições neste ano.

“Eu vejo nosso time bem mais encorpado. Nós já tínhamos uma grande equipe, mostramos durante o ano. Fomos um dos times que mais venceu (68 jogos, 38 vitórias, 17 empates e 13 derrotas), vice-campeão Brasileiro e campeão Paulista. Claro que essa geração precisa ganhar um título maior, temos como objetivo ganhar mais uma vez o Paulista. Mas sabemos da nossa responsabilidade, já dizendo que não é uma pressão a mais essa coisa de ganhar um título maior, porque a pressão de jogar aqui é muito grande sempre. Mas faremos de tudo para, além do Paulista, ganhar mais algum título”, disse o camisa 4.

Polivalente, o volante Yuri concordou com Ferraz e também enalteceu o elenco santista. “Eu concordo com o que o Victor falou. Nosso time está mais encorpado. Nenhum titular saiu, isso é importante para este ano de 2017”, disse o atleta, que também falou sobre ser improvisado como zagueiro.

“Sempre deixei bem claro que tanto de volante quanto de zagueiro é bem tranquilo. São funções que eu já vinha fazendo desde o Audax e agora, mais de zagueiro, o Dorival está usando essa temporada para treinar bastante. Está sendo muito bom”, completou.

Já Yan, que treinava com o time B até outubro do ano passado, quer mostrar serviço para cativar uma vaga na equipe santista, que terá o calendário cheio em 2017.

“Eu já fiquei muito feliz em ter começado o ano treinando no time principal e estou almejando jogar, fazer minha estreia. Estou feliz de treinar e aguentar a carga das atividades. Vou seguir trabalhando forte para ter minha oportunidade e agarrar firme”, disse o volante que, assim como seu irmão, pode atuar como zagueiro.