Edu, ídolo da torcida santista, comemora aniversário

Edu, ídolo da torcida santista, comemora aniversário

No dia 06 de agosto de 1949, nascia na cidade de Jaú, Jonas Eduardo Américo ou simplesmente o Edu. Um ponta-esquerda driblador e hábil que jogou com a camisa do Santos, 584 partidas e marcou 183 gols e é o sétimo artilheiro do clube praiano. Edu começou no Peixe no ano de 1966 e veio para a Vila por indicação do Rei Pelé e no Peixe ficou até o ano de 1976.

A estreia no Alvinegro Praiano com 16 anos de idade aconteceu no dia 03 de março de 1966 no Estádio do Pacaembu diante da Portuguesa de Desportos em partida válida pelo Torneio Rio-São Paulo e que foi vencida pelo Santos pelo placar de 2 a 1 com gols de Salomão e Edílson (contra) formando o Alvinegro com: Cláudio; Carlos Alberto, Oberdan e Zé Carlos; Joel Camargo e Haroldo; Toninho, Salomão (Rossi), Del Vecchio (Edu), Lima e Abel. O técnico era Luiz Alonso Perez, o Lula.

A última partida com a camisa santista foi no dia 17 de novembro de 1976 na cidade de Catanduva contra a equipe do Catanduvense na vitória santista por 1 a 0 com o craque marcando o seu último gol no Peixe que formou nessa despedida com: Wilson Quiqueto; Fernando, Ailton Silva, Bianchi (Neto) e Zé Carlos (Almeida); Clodoaldo, Aílton Lira (Alceu), Tata, Freitas (Juary), Zé Mario e Edu (Admundo). O técnico era Zé Duarte. Pelo Alvinegro Praiano, Edu conquistou os seguintes títulos:

Campeão Brasileiro (1968), Campeão Torneio Rio-São Paulo (1966), Campeão Paulista (1967/1968/1969/1973), Campeão Recopa Mundial (1968), Campeão Recopa Sul-Americana (1968).

Edu

Curiosidade:

Edu detém a honraria de ser o mais jovem jogador a disputar uma Copa do Mundo (1966 na Inglaterra) quando tinha 16 anos de idade, depois foi convocado e disputou as Copas do Mundo de 1970 (foi campeão mundial) e também a Copa do Mundo de 1974 na Alemanha.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística