Dorival Júnior atinge marca histórica no Santos FC

Dorival Júnior atinge marca histórica no Santos FC

(fotos: Ivan Storti/Santos FC)

O técnico Dorival Júnior atingiu uma marca muito especial na última semana. Após a partida contra o Santos do Amapá, válida pelo segundo embate da primeira fase da Copa do Brasil, o treinador do Alvinegro Praiano se tornou o décimo comandante que mais vezes dirigiu o Peixe à beira do gramado. Feliz pelo feito, o professor santista espera comemorar esta conquista somente com o possível título Estadual no próximo domingo (8).

Campeão Paulista e da Copa do Brasil de 2010 com o Santos FC, Dorival Júnior estreou no Peixe no dia 10 de janeiro daquele ano na vitória por 4 a 0 sobre o Rio Branco, no Pacaembu. De lá para cá, somando as duas passagens, o araraquarense comandou o Alvinegro Praiano em 116 partidas, sendo 70 vitórias, 22 empates e 24 derrotas.

“Sempre me preocupo em fazer um bom trabalho. Foco no elenco e luto para que o grupo tenha bons resultados. Mas me sinto privilegiado em participar da história de um dos maiores clubes do futebol mundial”, disse o treinador.

Dorival Léo

Focado na final do Campeonato Paulista, Dorival Júnior revela que só vai comemorar realmente sua conquista pessoal caso o Peixe conquiste seu 22º título Paulista.

“Essa é uma grande marca que se deixa dentro de um time. Mas gostaria de pensar nisso só se vencermos o Campeonato Paulista. Isso é o mais importante para mim. Pelo clube e pelo merecimento dos jogadores, que fizeram uma grande campanha. Quero alcançar isso desde que tenhamos merecimento. Neste domingo, quero que a equipe busque o resultado com intensidade, firmeza, segurança e equilíbrio”, ressaltou. Santos FC e Audax se enfrentam neste domingo às 16 horas na Vila Belmiro.

Treino Dorival Jr

 

Confira a lista dos dez técnicos que mais treinaram o Peixe

1º – Lula, com 957 partidas (628 vitórias – 146 empates – 183 derrotas)
2º – Antoninho Fernandes, 386 partidas (232 vitórias – 79 empates – 75 derrotas)
3º – Pepe, com 371 partidas – (176 vitórias – 112 empates – 83 derrotas)
4º – Vanderlei Luxemburgo, 305 partidas – (160 vitórias – 68 empates – 77 derrotas)
5º – Emerson Leão, 275 partidas – (141 vitórias – 68 empates – 66 derrotas)
6º – Chico Formiga, 249 partidas (114 vitórias – 80 empates – 55 derrotas)
7º – Muricy Ramalho, 150 partidas (72 vitórias – 42 empates – 36 derrotas)
8º – Geninho, com 142 partidas (55 vitórias – 48 empates – 39 derrotas)
9º Castilho, com 126 partidas (58 vitórias – 39 empates – 29 derrotas)
10º Dorival Júnior, com 116 jogos (70 vitórias – 22 empates – 24 derrotas)