Diego, Menino da Vila campeão em 2002, completa 30 anos

No dia 28 de fevereiro de 1985, nascia um autêntico “Menino da Vila” safra de 2002, Diego Ribas da Cunha, na cidade paulista de Ribeirão Preto.

 

Diego foi um dos jovens talentos que teve a confiança do técnico Émerson Leão na conquista do 7º título nacional pelo Peixe, no ano de 2002. O jovem craque dono da camisa 10 do Alvinegro jogou, no período de 2002 a 2004,  133 partidas e marcou 37 gols pelo Peixe.

A estreia no Santos FC foi no dia 20 de janeiro de 2002, na vitória pelo placar de 3 a 0 frente ao América Carioca na Vila Belmiro pelo Torneio Rio-São Paulo. Os gols foram de Cléber, Robert e Willian e o Peixe entrou em campo com Fábio Costa; Michel (Douglas), Preto, Cléber e Léo Bastos, Paulo Almeida, Marcelo Silva, Eduardo Marques (Diego) e Robert; Elano e Thiago (Willian). O técnico era Celso Roth.

A despedida do clube foi no dia 20 de junho de 2004, na vitória diante do Internacional de Porto Alegre, pelo placar de 3 a 0, na Vila Belmiro pelo Campeonato Brasileiro. O jovem craque foi negociado com a equipe do Porto de Portugal e hoje está jogando na equipe do Fenerbahce da Turquia.

Curiosidade

Diego é um dos mais jovens atletas a vestir a camisa santista. Quando estreou na equipe principal o garoto tinha 16 anos e foi, durante o período em que jogou pelo Peixe, o parceiro ideal de seu grande amigo Robinho.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *