Dia Urbano Caldeira é comemorado pelo Santos FC

Dia Urbano Caldeira é comemorado pelo Santos FC

(foto: Ricardo Saibun/Santos FC)

O Santos FC realizou neste sábado (9) uma bela homenagem ao Dia Urbano Caldeira, no Estádio consagrado que leva seu nome. Urbano Caldeira é Patrono do Santos FC, assim como Modesto Roma, Athiê Jorge Coury e Pelé. A data em homenagem a um dos maiores personagens da história do Peixe é celebrada desde 1938.

O presidente Modesto Roma Júnior participou do evento e falou com carinho sobre o que representa Urbano Caldeira para o clube.

“Gosto muito da história do Urbano Caldeira. Ele fez do nosso Estádio uma vida. Ele viveu aqui. A frase que o Vasco Vieira falou “Santos é o que importa, o resto que saia pela porta” é válida até hoje. Hoje é um dia específico, mas nós devemos reverenciar sempre Urbano Caldeira. Todo dia é dia de Urbano Caldeira.”, disse o presidente santista.

Homenagem ao Dia Urbano Caldeira. Crédito: Ricardo Saibun/ Santos FC
Homenagem ao Dia Urbano Caldeira. Crédito: Ricardo Saibun/ Santos FC

Vários familiares de Urbano Caldeira foram homenageados pelo Alvinegro Praiano. A sobrinha-neta Celina Libania de Seixas Silva elogiou a postura anual do Santos homenagear Caldeira e comentou o amor de seu tio-avô pelo clube.

“Eu sempre escutei meus pais e avós falarem sobre Urbano Caldeira. Diziam que ele dedicava muito ao clube e tinha muito amor pelo Santos. Eu acho muito legal essa homenagem que o Santos faz todo ano para Urbano e toda nossa família. Faz nós lembrarmos de toda dedicação dele. Acho bonito que ele inspire os novos atletas, sócios, torcedores.”

Sobre Urbano Caldeira

Urbano Caldeira nasceu em Florianópolis, no dia 09 de janeiro de 1890, e faleceu ainda jovem, aos 43 anos, no dia 13 de março de 1933.

Jogador e treinador do Peixe, Urbano Caldeira demonstrava tanto amor pelo clube que muitas vezes era flagrado aparando o gramado da Vila Belmiro. Esta dedicação extrema ao clube que amava não foi esquecida. Dias depois de seu falecimento, os cartolas concederam o nome de Caldeira ao estádio do time. Em 1938, o dia 9 de janeiro, data de nascimento do célebre santista, passou a ser para o torcedor o “Dia de Urbano Caldeira”.